19/10/2017 às 01h23min - Atualizada em 19/10/2017 às 01h23min

Multas de trânsito agora poderão ser parceladas no cartão de crédito

O Fato com Agência Folha
Folha

O Contran (Conselho Nacional de Trânsito) autorizou que os órgãos fiscalizadores pelo país recebam multas de trânsito parceladas, em cartões de crédito ou de débito. As novas opções estão previstas em resolução publicada nesta quarta-feira (18) no "Diário Oficial da União". Caberá a cada departamento de trânsito decidir a implementação da medida.

Em São Paulo, a gestão João Doria (PSDB) afirmou que fará estudos para "adequação". A prefeitura ressalta que a medida "tem caráter facultativo e não determina prazo para implantação da nova forma de pagamento".

O Detran (Departamento Estadual de Trânsito), ligado ao governo Geraldo Alckmin (PSDB), afirmou que ainda vai analisar a implementação da resolução do Contran.

A medida permite que os departamentos de trânsito municipais e estaduais disponibilizem "alternativas" para que os infratores quitem "seus débitos à vista ou em parcelas mensais, com a imediata regularização da situação do veículo". O objetivo é reduzir a inadimplência das multas de trânsito e outros débitos relativos ao veículo, segundo nota do Ministério das Cidades.

O motorista poderá parcelar uma ou mais multas, inclusive as que já estão vencidas, desde que não estejam incluídas na dívida ativa do município ou do Estado. A quantidade de parcelas será definida individualmente por cada órgão de trânsito.

Ao aderir ao parcelamento, os motoristas já poderão licenciar os veículos, uma vez que a administradora de cartão de crédito passará a quantia integral da multa ao poder público e assumirá os riscos junto ao titular do cartão.


Link
Notícias Relacionadas »
O Fato Publicidade 1200x90
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp