14/01/2020 às 21h36min - Atualizada em 14/01/2020 às 21h36min

O medo do magnífico 'Democracia em Vertigem'

Adriano Argolo
NETFLIX
De todas as artes o cinema é a mais revolucionária! Eisenstein e Vertov, os grandes cineastas soviéticos já provaram isso. O cinema é a arte que tira o espectador da sua passividade e converte em sujeito histórico de sua libertação, daí o medo do magnífico Democracia em Vertigem.
Grandes cineastas como a neozelandesa Jane Campion, única mulher na história que recebeu a Palma de Ouro de melhor diretora em Cannes, Wim Wenders, cineasta alemão mais do que consagrado, atual presidente da academia de cinema europeu, sediada em Berlin, aliás, ele é presidente dessa academia desde 1996 porque os próprios trabalhadores da indústria cinematográfica europeia elegem o magnífico cineasta sempre e o grande diretor, ator, produtor, enfim, quase tudo no cinema, o americano Tim Robbis, elogiaram o filme documentário tecnicamente. Segundo eles, Democracia em Vertigem é dinâmico, sua edição é espetacular e desperta no telespectador tudo aquilo que um filme propõe, reflexão, revolta, medo e tudo mais. Democracia em Vertigem é um sopro de genialidade no cinema mundial, dominado pela mediocridade de  Hollywood e seus filmes ridículos de super heróis, mas até Hollywood já reconheceu sua grandeza.
Link
ADRIANO ARGOLO

ADRIANO ARGOLO

Alagoano, Advogado, formado na Ufal, pós graduado em Direito Empresarial pela Fundação Getúlio Vargas.

Tags »
Relacionadas »

Você é a favor da retirada da BRASKEM de Maceió?

82.0%
18.0%
Moeda Valor
Servidor Indisponível ...
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp