17/05/2023 às 21h53min - Atualizada em 17/05/2023 às 21h53min

Governo lança programa Escola do Turismo para capacitação profissional em Alagoas

Programa de capacitação começa na sexta-feira durante o projeto Alagoas Trabalhando e vai ser levado às grotas de Maceió

Governo de Alagoas
O governador Paulo Dantas e a secretária de Estado de Turismo, Bárbara Braga, assinam termos de fomento ao turismo
O governador Paulo Dantas e a secretária de Estado de Turismo, Bárbara Braga, lançaram na manhã desta quarta-feira (17), em solenidade no Palácio República dos Palmares, o programa Escola de Turismo, que visa promover a capacitação de mão de obra para atuar em várias áreas da cadeia turística.


“Quero parabenizar a secretária de Turismo, Bárbara Braga, por estruturar um projeto tão importante para esse setor que é fundamental para nosso crescimento econômico e social”, enfatizou o governador Paulo Dantas. “De acordo com o trade turístico, serão necessários, nos próximos dois anos, 50 mil empregos para o setor de turismo e nós, tomando essa iniciativa, damos os primeiros passos para que quando o setor precisar, o estado de Alagoas tenha as  pessoas capacitadas para áreas que eles precisem”, acentuou Paulo.


Durante a solenidade, o governador e a secretária Bárbara Braga assinaram os termos de fomento ao turismo com as instâncias de governança das regiões Caatinga e do Agreste. Foram assinados também os convênios com o  Senac (Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial) e  o Sindicato Empresarial de Hospedagens e Alimentação do Estado de Alagoas,  entidades parceiras responsáveis pela execução dos cursos.  


“Estamos buscando parceiros sérios, responsáveis que tenham  know how em formação e capacitação. Estamos  felizes porque o setor turístico será determinante para nós promovermos mais igualdade social e para cada vez mais o nosso estado avançar economicamente”, observou Paulo Dantas.


Os representantes das Instâncias de Governança do Agreste, Cléa Maria Carvalho, e da Caatinga, Ederlan da Cunha Silva, que assinaram os termos de fomento, ressaltaram que haverá maior autonomia em criar estratégias para a promoção dos destinos turísticos de cada região, desenvolvidas pelos próprios integrantes, incluindo a participação em feiras do segmento, promoção de roadshows, workshops, famtours, press trips, entre outras ações.


A secretária de Estado do Turismo, Bárbara Braga: Mão de obra qualificada é um dos maiores gargalos para o desenvolvimento do turismo do estado


Para a secretária de Estado do Turismo, Bárbara Braga, o lançamento do programa Escola do Turismo marca o início de mais uma ação inédita para o desenvolvimento do setor. “Mão de obra qualificada é um dos maiores gargalos para o desenvolvimento do turismo do estado, e é nisto que estamos investindo”, afirma a secretária. “Na verdade é o maior programa de capacitação do governo na área de turismo e estaremos iniciando os cursos presenciais na sexta-feira, durante o início do projeto Alagoas Trabalhando, contemplando o  município de Piranhas”, explicou Bárbara.


Inicialmente, serão ofertadas 11 mil vagas por todo o estado, qualificando com cursos gratuitos para milhares de pessoas que buscam a certificação para uma primeira oportunidade de emprego ou para quem já trabalha e busca uma nova posição no mercado.  Segundo a secretária Bárbara Braga, essas 11 mil vagas representam a demanda reprimida de 2022, mas que em 2023 esse número já chega entre 50 e 55 mil pessoas.


Em Maceió, as inscrições para os cursos da Escola de Turismo começam no dia 26 de junho, beneficiando principalmente os moradores das grotas da capital. “Já levamos melhorias das casas, da infraestrutura dessas áreas, agora estaremos levando qualificação profissional para que os moradores dessas áreas possam se inserir no mercado de trabalho e gerar mais emprego e renda”, destacou o governador Paulo Dantas.


Com aulas presenciais ministradas pelo Senac e Sindicato de Empresarial de Hospedagem e Alimentação de Alagoas, o programa Escola do Turismo busca qualificar a mão de obra do setor, com cursos gratuitos nas áreas de hotelaria, restaurantes, atendimento ao público, empreendedorismo, apoio à complementares, gestão de negócios, políticas públicas, entre outras.


“Ficamos muitos felizes de assinar esse convênio com o Governo de Alagoas, pois a principal missão do Senac é ofertar cursos profissionalizantes, principalmente de forma gratuita. Hoje, 80% dos cursos ofertados pelo Senac em Alagoas são gratuitos, para atingir principalmente as pessoas de mais baixa renda”, lembrou o interventor do Senac, Cosme Joaquim.


O presidente do Sindicato Empresarial de Hospedagem e Alimentação de Alagoas, Marcelo Marques, disse que a Escola de Turismo era a realização de um sonho para o trade turístico. “Essa escola inicia um novo marco para o trade turístico alagoano”.


Ao todo, 28 municípios serão polo do programa: Arapiraca, Palmeira dos Índios, Santana do Ipanema, Barra de Santo Antônio, Maragogi, Japaratinga, São Miguel dos Milagres, Porto de Pedras, Passo de Camaragibe, Porto Calvo, Maceió, Marechal Deodoro, Roteiro, União dos Palmares, São José da Laje, Murici, Penedo, Piranhas, Delmiro Gouveia, Olho D’Água do Casado, Pão de Açúcar, Coruripe, Viçosa, Paripueira, Barra de São Miguel, Coqueiro Seco, Piaçabuçu e Barra de São Miguel.



Todas as sete regiões turísticas do estado integrantes do Mapa do Turismo de Alagoas serão contempladas: Grande Maceió; Caminho das Águas, que compreende todo o litoral Sul; Costa dos Corais, na região Norte; Caminhos do São Francisco, no médio e alto Sertão; Quilombos, Agreste e Caatinga. O projeto de lei do programa Escola do Turismo foi aprovado em dezembro do ano passado pela Assembleia Legislativa do Estado (ALE).


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
O Fato Publicidade 1200x90
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp