26/01/2018 às 10h30min - Atualizada em 26/01/2018 às 10h30min

Dirigente do MST filiado ao PT é assassinado na frente do filho, na Bahia

O Fato com JB

Na noite de quarta-feira (24), um dirigente do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), e integrante do Partido dos Trabalhadores (PT), foi assassinado a tiros em sua propriedade rural, em Iramaia, na Bahia. Investigação da Polícia Civil aponta que Márcio Matos Oliveira, de 33 anos, foi baleado na frente do filho de 6 anos. A hipótese de latrocínio já foi descartada, já que nada foi levado da propriedade.

Em publicação nas redes sociais, o governador Rui Costa (PT) afirmou que determinou à Secretaria de Segurança Pública "a imediata e rigorosa apuração do crime".

No Facebook de Márcio, uma publicação de quarta-feira com foto de abraço em Lula

No Facebook de Márcio, uma publicação de quarta-feira com foto de abraço em Lula

No Facebook de Márcio, uma publicação de quarta-feira com foto de abraço em Lula

“Lamento a morte de Márcio Oliveira Matos, mais conhecido como Marcio do MST. Conhecido pela firme luta em defesa da igualdade social, ele foi assassinado no município de Iramaia. Tão logo soube da triste notícia, determinei à Secretaria de Segurança Pública a imediata e rigorosa apuração do crime. Meus sentimentos de pesar aos amigos e familiares neste momento de profunda dor”, escreveu o governador nas redes sociais.

No Facebook de Márcio Matos, há publicações desta quarta-feira, com imagens dos atos do PT em apoio ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que foi julgado pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região. Há ainda uma foto de Márcio abraçando Lula


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »

Você é a favor da retirada da BRASKEM de Maceió?

79.0%
21.0%
Moeda Valor
Servidor Indisponível ...