14/07/2017 às 18h12min - Atualizada em 14/07/2017 às 18h12min

Após CCJ, número de votos declarados a favor de Temer passa de 100

Para evitar autorização da denúncia o presidente precisa do apoio de 172 deputados

O Fato com Agência O Globo

BRASÍLIA - Após a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara rejeitar a autorização da denúncia por corrupção passiva contra o presidente Michel Temer, a enquete do GLOBO mostra que já passou de 100 o número de deputados que defendem o peemedebista declaradamente. Para que a denúncia seja autorizada, a oposição precisa conseguir 342 votos. Portanto, com o apoio de 172 deputados, seja por voto contra a denúncia ou ausências, Temer estaria livre de se defender junto ao Supremo Tribunal Federal (STF).

 

O GLOBO vem procurando os deputados desde que a denúncia do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, foi enviada ao Congresso. Pela primeira vez o número de deputados que fazem a defesa aberta do presidente superou a marca de 100 votos.

Entre os que declararam sua posição nesta sexta-feira estão João Rodrigues (PSD-SC). Ele destacou que ao anunciar voto nesta direção está seguindo a posição de seu partido.

— Diante da posição do partido e com a decisão da CCJ, que contribuiu muito, minha posição hoje é pela permanência do presidente, pela não aceitação da denúncia — afirmou Rodrigues.

A posição partidária foi a justificativa também de Lázaro Botelho (PP-TO).


Até o momento, são 188 votos a favor da autorização da denúncia e 101 contrários. Outros 223 deputados ainda estão indecisos ou não declararam seu voto. O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), informou que não votará.— No partido, nós fechamos posição e foi feito o acordo de apoiar o presidente Temer. Então vou votar contra a denúncia, pelo acordo feito pelo partido — disse o deputado tocantinense.

*Estagiárias sob a supervisão de Francisco Leali


Link
Notícias Relacionadas »

Você é a favor da retirada da BRASKEM de Maceió?

79.0%
21.0%
Moeda Valor
Servidor Indisponível ...