23/01/2024 às 23h05min - Atualizada em 23/01/2024 às 23h05min

JHC é suspeito de campanha eleitoral antecipada

Denúncia séria envolvendo a utilização da máquina administrativa da Prefeitura de Maceió

Agência de Notícias

Uma denúncia séria envolvendo a utilização da máquina administrativa da Prefeitura de Maceió para promover a imagem do prefeito João Henrique Caldas, o JHC (PL), e seus aliados surgiu nesta segunda-feira (22/1), após a participação do gestor em destaque no Verão Massayó.

Durante o evento, custeado com dinheiro público, foi registrada a promoção pessoal de JHC, não apenas com sua presença no palco ao lado de artistas nacionais contratados pelo município, mas também com o flagrante da aplicação de adesivos simulando tatuagens referentes à disputa eleitoral deste ano. Os adesivos com a "marca" de JHC foram aplicados em vereadores e outros políticos, conforme registros em redes sociais.

 Este caso será formalmente denunciado ao Ministério Público Estadual e ao TRE.

Outra denúncia grave partiu do líder sindical Raimundo Medeiros (PTC), suplente de vereador em Maceió, que assumiu o mandato em fevereiro de 2022 durante a licença do titular. Em um vídeo gravado para as redes sociais, Medeiros denunciou o uso de projetos da prefeitura para beneficiar aliados do prefeito JHC.

“Eu quero falar do que está acontecendo aqui no Novo Jardim esta semana. Iniciou hoje, segunda-feira, dia 22. Olha, deixo aqui a minha indignação, porque o que aconteceu aqui não pareceu um projeto da prefeitura de Maceió, pareceu mais um projeto particular, um atendimento particular do vereador João Catunda.", denunciou.

Ele continuou sua denúncia, destacando que a máquina pública estava sendo utilizada em benefício particular, direcionando pessoas para a equipe do vereador para realizar um cadastro cuja finalidade não ficou clara.

“O que ele fez aqui hoje, usou a máquina pública em benefício próprio, né? As pessoas estão sendo atendidas lá dentro, já saem direcionadas para a equipe dele para fazer um cadastro. Que cadastro é este eu não sei, mas só sei que o cadastro é feito porque tenho vídeos e fotos do pessoal dele fazendo este cadastro aqui”, alertou Raimundo.

 

"Eu quero deixar mais uma vez minha indignação, porque é um projeto da prefeitura de Maceió e se for dessa forma está totalmente errado. Eu espero que o prefeito de Maceió procure tomar providência, porque é um projeto da prefeitura, não é de vereador nenhum. Cada vereador, qualquer cidadão tem todo o direito de vir fiscalizar e procurar ver como é que está funcionando. Agora, usar a máquina pública em benefício próprio, isso aí não vamos aceitar", criticou Medeiros.

 
 
 
 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
O Fato Publicidade 1200x90
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp