22/11/2023 às 12h57min - Atualizada em 22/11/2023 às 12h57min

"Jogar no chão é violência contra a mulher e não pode ser tolerado", diz Teca Nelma sobre Caso Dr. JHC

Vereadora repudiou fala de Siderlane Mendonça, de que caso de irmão de prefeito era "coisa de marido e mulher"

O Fato
Ilustrativa Internet

Porta arrombada e uma frase "fui agredida e jogada ao chão", esta cena foi classificada pelo vereador Siderlane Mendonça como "coisa de marido e mulher", na sessão da Câmara de Vereadores de Maceió, desta quarta-feira (22). O ex-líder do prefeito JHC minimizava a ocorrência de suposta violência doméstica cometida pelo irmão do prefeito, Dr. JHC, contra a noiva Isadora Martins, no último sábado.

A fala foi fortemente repudiada pela vereadora Teca Nelma (PSD) que lamentou que um vereador de Maceió considere uma violência contra a mulher algo "menor". "Pior é vir aqui e dizer que não houve nada e que isso é coisa de marido e mulher", condenou Teca sobre fala de Siderlane Mendonça.


O vereador reclamava da prisão disciplinar dos policiais militares acusados de "desídia", ou seja por ter sido negligente e perdido a guarda da vítima que entrou no carro do subtenente Cabral, tido como motorista do prefeito JHC. O militar lotado no Gabinete do prefeito sumiu com Isadora Martins por cerca de 45 minutos. Quando chegou na Central de Flagrantes, Isadora desistiu de denunciar.


Link
Notícias Relacionadas »
O Fato Publicidade 1200x90
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp