03/08/2020 às 22h24min - Atualizada em 03/08/2020 às 22h24min

GGAL inicia mutirao para montar grupo de apoiadores para abertura do Centro de Acolhimento LGBTQI+ de Alagoas

GGAL inicia mutirao para montar grupo de apoiadores para abertura do Centro de Acolhimento LGBTQI+ de Alagoas

O Fato com assessoria
GGAL
A problemática de rejeição  vivida por grande parte da população LGBTQI+ é grave no Brasil.  Desprezo, humilhação, abuso sexual, e esses tipos de  violência geralmente são vividas no local onde deveria encontrar conforto: o lar. 

 Dentro da comunidade, não faltam histórias em que a intolerância e a rejeição familiar são vividas diariamente, e muitas das vezes acabam em violência física ou expulsão.

Pensando na problemática acima e outras, o Grupo Gay de Alagoas - GGAL, incentivado pela REBRACA - Rede Brasileira de Casas de Acolhimento LGBTQI+, decidiu iniciar um mutirão de mobilização de apoiadores pontuais, que possam contribuir com os custeios básicos do CAERR - Centro de Acolhimento Ezequias Rocha Rego, o primeiro centro de acolhimento físico e social voltada a população de lésbicas, gays , bissexuais, travestis,transexuais,intessexuais e mais, vítimas de violência ou exclusão social em Alagoas.

A ação visa não só oferecer acolhimento físico,  mas também social, através de atendimento jurídico e  psicológico, cursos profissionalizante, reforço escolar, cursinho pré-vestibular e concurso, aulas de artes , indioma e defesa pessoal, palestra sócio educacional e outros, através também de uma rede de voluntariado formado por profissionais e estagiários de faculdades de Alagoas.

Os interessados em obter maiores informações sobre o CAERR, participar do grupo de sócios apoiadores ou prestar serviço voluntário ao centro  deverão entrar em contato através do whatsapp 82 99644-1004 ou através dos directes nas redes sociais ( Instagram, Facebook e Twitter ) @caerr.al , e solicitar o formulário de inscrição.

Fonte: ASCOM/GGAL

Informações complementares a imprensa - tel/whatsapp: 82 99644-1004
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »

Você é a favor da retirada da BRASKEM de Maceió?

77.5%
22.5%
Moeda Valor
Servidor Indisponível ...
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp