06/12/2018 às 09h58min - Atualizada em 06/12/2018 às 09h58min

Movimentos pedem a criação da CEI do lixo na Câmara Municipal de Maceió

A Redação
O Fato
Os últimos acontecimentos referentes a contratos firmados de forma emergencial pela Prefeitura de Maceió e o suposto calote contra a Lipel e Viva Ambiental, levou o Coordenador Nacional do Movimento Caras Pintadas, Coordenador Geral do Movimento Nacional de Combate a Corrupção e Eleitoral em Alagoas (MCCE-AL), e Coordenador Geral do Movimento Popular Pró Justiça e Cidadania de Alagoas, solicitaram da Câmara Municipal de Maceió a criação da CEI do lixo. Nesse suposto lamaçal que deve está metido os contratos de serviços de limpeza da SLUM, o Movimento Caras Pintadas e o Movimento de Combate a Corrupção Eleitoral em Alagoa (MCCE-AL), entraram nesta última quarta-feira dia 05 de dezembro de 2018 com uma representação no Ministério Público do Estado de Alagoas.
O Prefeito Rui Palmeira á temos vem entrando em apuros com as representações apresentadas no ministério público pelos Caras Pintadas e MCCE-AL, levando a um sistemático desgaste ao ponto de levar sua desistência de concorre ao Governo do Estado de Alagoas. O embrulho de ações segundo a língua miúda o Deputado Estadual Davi Maia só vive viajando para o exterior para fugir dos chamamentos para esclarecimentos do suposto uso da máquina pública em sua eleição para Deputado Estadual, e só volta para alagoas com a imunidade parlamentar. Não sabemos depois da traição de seu fiel escudeiro o Vereador Siderlane Mendonça , qual vai ser a posição do mesmo nos debates na Câmara Municipal de Maceió, que em um passado bastante próximo Siderlane tomou as dores de Davi Maia. Aguardamos os próximos capítulos desse mar de lixo.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »

Você é a favor da retirada da BRASKEM de Maceió?

79.4%
20.6%
Moeda Valor
Servidor Indisponível ...