02/01/2024 às 08h46min - Atualizada em 02/01/2024 às 08h46min

Desvalorização- Prefeito JHC menospreza escolas de samba de Maceió

Beija-Flor recebe 800 vezes mais que as escolas de samba de Maceió

Alagoas Atenta
Foto: Reprodução
A gestão do prefeito JHC (PL) vem sendo bastante críticada por desvalorizar os artistas de Maceió, onde a prefeitura de Maceió dificultou a realização do evento Bumba-Meu-Boi e o evento so foi realizado após a aproximação do Governo de Alagoas que reuniu os integrantes da atividade e garantiu o apoio para que o evento fosse realizado, e agora o prefeito JHC vai pagar a escola de samba Beija Flor de Nilópolis 800 vezes mais que as outras escolas de samba do Município confira os valores, Escola de samba 13 de maio 10.000.00, Escola de samba Gaviões da Fiel 41.000.00, Escola de samba Unidos do Poço 20.000.00 e a Escola de samba Beija-Flor de Nilópolis 8.000.000.00 confira a tabela abaixo ↓.

O que mais vem circulando nas redes sociais também é, o que o Prefeito JHC fez com o dinheiro do acordo com a mineradora Braskem, que além de conter vários pontos questionáveis, não contemplou os moradores dos bairros atingidos pelo crime ambiental.

Moradores dos bairros afetados pela mineração da Braskem realizaram um protesto, no começo da noite dessa sexta-feira (29), na orla da Pajuçara, em Maceió.

Os manifestantes carregavam faixas cobrando das autoridades que moradores dos Flexais e Bom Parto sejam incluídos no programa de compensação financeira da mineradora.

Segundo os manifestantes, o afundamento de solo provocou diversos problemas, dentre eles, o isolamento social de quem mora nas duas áreas.

Os manifestantes se revoltam contra Defesa Civil de Maceió pedindo explicações perguntando, porque  o  início da rua está em risco e o final não está? o povo dos Flexais e bom Parto exigem respostas!


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp