20/04/2018 às 00h14min - Atualizada em 20/04/2018 às 00h14min

Nada a Perder ! , A História Real de Edir Macedo

Um filme para ser visto com a cabeça livre do preconceito com a igreja Universal, olhando para o contexto da história da época

DAVID HERNANDES - Radialista e Blogueiro

Em cartaz nos cinemas o filme NADA A PERDER, a história real de Edir Macedo, é algo realmente feito para os fieis de sua igreja a “Universal do Reino de Deus”. Mas se você for assistir tirando da cabeça a ideia do preconceito religioso, verá que é um filme bem produzido e artisticamente muito bem feito.

O filme começa com Edir Macedo trabalhando como tesoureiro da igreja de RR SOARES, seu cunhado na vida real. O filme mostra um RR SOARES mercenário e sem nenhuma humildade, detestando ter que pregar para poucas pessoas.

Outro pastor citado é o líder da igreja Nova Vida, um homem cheio de preconceito com pessoas de baixo poder aquisitivo e tratando com indiferença os pobres que chegam a sua igreja.

A história de pregação de Edir Macedo começa no Rio de janeiro, no tão comentado coreto de uma praça. Com o crescimento fundo sua primeira igreja. Uma das cenas mais marcantes é quando Edir Macedo exorciza uma moça com demônio no corpo.

Em uma das cenas Macedo ouve pelo radio um comercial de uma mãe de santo dizendo que pode resolver todos os problemas, daí  ele tem a ideia de fazer um comercial no rádio dizendo: “Se você tem um problema venha até uma de nossas reuniões”.

Com o crescimento da igreja Edir Macedo compra a Rádio Copacabana, em 1984 a universal chega a São Paulo, compra horários na TV. Com todo esse crescimento da Universal o então ministro da cultura Francisco Bitencourt faz uma ligação ordenando que Edir Macedo não fizesse um evento no Maracanã. Edir Macedo fez e levou cerca de 250 mil fieis ao estádio de futebol.

Sobre a compra da Record que na época pertencia a Silvio Santos, Edir Macedo mandou um laranja fazer a oferta de compra , mas ele estava lá disfarçado de motorista para ver a negociação de perto  .

O filme conta que Edir Macedo só conseguiu a concessão da emissora porque Fernando Collor de Melo cedeu para ele em represália ao impeachment que estaria por vir.

A cena mais emblemática do filme é a foto que foi capa de vários jornais e revistas onde: Edir esta dentro da sela lendo Bíblia.e do lado de fora um multidão de fieis ora pela sua libertação 

 

 


Link
Notícias Relacionadas »

Você é a favor da retirada da BRASKEM de Maceió?

79.4%
20.6%
Moeda Valor
Servidor Indisponível ...