12/12/2017 às 01h35min - Atualizada em 12/12/2017 às 01h35min

TJ e Movimento GLBTI+ promovem casamento coletivo

O Amor rompendo Fronteiras

Jornalista Raudrin de Lima
O Fato

Na tarde da segunda-feira dia 11 de dezembro de 2017, nas dependências do Teatro Linda Mascarenhas, na cidade de Maceió, o Tribunal de Justiça de Alagoas e os Movimento GLBT(GGAL), promoveram casamento coletivo, foi conduzida pela juíza Eliana Augusta Acioly, da comarca de Messias; fazendo parte da programação da 16ª Parada do Orgulho LGBT de Alagoas, que acontece no próximo dia 17, contou com a adesão de 30 casais LGBTs e 20 heterossexuais, o segundo na história de Alagoas.

Foi uma tarde onde os casais do mesmo sexo concretizarão esse sonho de amor rompendo fronteiras. Podemos destacar o casal de jovens de apenas 20anos, que resolveram unir suas vidas, se trata de Felipe e Nelson, que se conheceram no mês de abril deste ano, em um show do Xandy Avião, em um shopping no bairro do Benedito Bentes, eles consideram Xandy Avião como padrinho do seu casamento, motivado pelo início de seu amor em um show do Xandy Avião. Estiveram presentes para prestigiar o casamento coletivo, parentes e amigos dos diversos casais, e outros casais GLS não tiveram a mesma alegria, por serem vítimas do preconceito de seus familiares e amigos.

     


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »

Você é a favor da retirada da BRASKEM de Maceió?

79.2%
20.8%
Moeda Valor
Servidor Indisponível ...