18/10/2016 às 11h40min - Atualizada em 18/10/2016 às 11h40min

Ataques a ônibus possuem ligação com o sistema prisional, diz secretário

Estado tranquiliza população e diz que vai garantir segurança nos coletivos

O Fato com Agências

O secretário de Segurança Pública, coronel Paulo Domingos Lima Júnior falou, antes de se reunir com o Sindicato dos Rodoviários, na manhã desta terça-feira (18), sobre os casos de incêndios a ônibus que aconteceram no final de semana na capital. Ele disse que os ataques possuem ligação com o sistema prisional, mas tranquilizou a população sobre as ocorrências, afirmando que a polícia irá garantir a segurança.

Segundo o secretário, a cúpula da Segurança Pública está realizando um trabalho de saturação na cidade desde que houve a primeira ocorrência. Ele disse que os fatos foram isolados, afirmando que ocorreram em situações diferentes, e que o Estado vai garantir os direitos dos reeducandos.

“Na verdade não vejo motivo nenhum para recolher ônibus fora do horário, até porque nós tivemos fatos isolados. Uma queima de ônibus no Frei Damião onde os autores foram presos em flagrante. Essas queimas de ônibus têm ligação direta com a inquietação do sistema prisional e não é a primeira vez q isso acontece. Nós tomamos medidas de policiamento e estamos fazendo trabalho de saturação direta”, disse.

Veja também: Comissão de delegados vai investigar onda de incêndios a ônibus na capital

Lima Júnior também falou sobre a onda de rebeliões que atingem outras unidades prisionais pelo país e afirmou que o Estado está atuando para garantir os direitos dos reeducandos.

“Existe uma inquietação a nível nacional, mas aqui no estado não está acontecendo isso. Estamos respeitando o direito do preso. Garantimos as visitas e a entrada das feiras no fim de semana. Vamos garantir os direitos dos presos. Bandido tem que ser tratado como bandido, se ele cometer crime será cassado, mas depois que custodiado pelo estado não há motivos para ter seus direitos cessados”, afirmou.

O presidente do Sindicato dos Rodoviários (Sinttro), Écio Ângelo falou da possibilidade dos ônibus voltarem a circular no horário normal, mas que o tema será debatido durante reunião com a cúpula da Segurança Pública.

“Vamos avaliar a estratégia da polícia e do secretário de segurança. Acredito, estou bem otimista, o ostensivo está respondendo a altura, ontem a noite foi tudo em paz. Acredito que continue esse policiamento e que o transporte volte a normalidade, mas primeiro vamos nos reunir com eles para definir o que vamos fazer”, disse.

Mensagens falsas pelo Whats app

O secretário também comentou sobre vários áudios que vem sendo divulgados por meio do Whats app onde alguém fala que bandidos irão atear fogo também em viaturas do Samu. Lima Júnior disse que o serviço de Inteligência da SSP não identificou nenhum registro sobre esse tema e tranqüilizou a população tanto com relação aos ataques aos ônibus quanto outras ocorrências neste sentido.

“A segurança do povo está acima de qualquer direito individual. Esses criminosos querem afrontar o estado e o estado vai dar a resposta como sempre deu e atribuir responsabilidades, seja de dentro do sistema ou quem está fora. Nossa inteligência não identificou nenhum registro sobre essas mensagens, mas estamos atentos para garantir a segurança da população”, assegurou.

 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
O Fato Publicidade 1200x90
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp