25/07/2016 às 20h24min - Atualizada em 25/07/2016 às 20h24min

Polícia prende cinco suspeitos de promover ataques a bancos no interior de AL

Prisões aconteceram nas cidades de Arapiraca e Taquarana; ações criminosas teriam acontecido em Monteirópolis e Chã Preta

O Fato com Gazetaweb

Cinco suspeitos de promover ataques a bancos no interior de Alagoas foram presos e apresentados pela polícia durante coletiva realizada na tarde desta segunda-feira (25), na sede da Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP). 

Três prisões aconteceram na última sexta-feira (22), nas cidades de Arapiraca e Taquarana. As outras duas pessoas foram detidas nesta segunda-feira (25), também em Arapiraca, no Agreste alagoano.

Foram detidos na sexta-feira, em Arapiraca, os suspeitos Yara Nunes da Silva Moura e José Erivan da Silva, conhecido como "bigode". Em Taquarana, no mesmo dia, foi detido Álvaro de Oliveira.

Já Moema Natiane Correia Araújo e Walisson Maxwell dos Santos foram presos nesta segunda-feira, também em Arapiraca. Apesar de todos serem suspeitos de atuar em ataques a bancos ocorridos no interior do estado, a Secretaria de Segurança Pública (SSP) destaca que eles faziam parte de grupos diferentes. 

O primeiro grupo, detido na sexta-feira, estaria envolvido no ataque a banco ocorrido na cidade de Monteirópolis. Já a dupla presa nesta segunda seria responsável pela ação ocorrida em uma agência bancária da cidade de Chã Preta, de acordo com o delegado Vinícius Ferrari, da Seção de Roubo a Banco (Serb), da Divisão Especial de Investigações e Capturas (Deic).

 

Suspeitos presos na sexta-feira foram apresentados pela SSP

FOTO: PEDRO FERRO

 

 

"O primeiro grupo está sendo estudado há seis meses. Tem como líder um rapaz chamado Jadson, que é conhecido como "Sertão" e está sendo procurado pela polícia. Pelo nosso conhecimento, ele é o ladrão de banco mais articulado do estado. As armas e munições utilizadas durante as ações viriam do Paraguai e existem pessoas do DF e de SP que são integrantes da quadrilha. O líder da quadrilha leva uma vida boa, com carros luxuosos. A quadrilha tem 5 casas alugadas em Arapiraca e já havia alugado outras três em Taquarana", destaca o delegado. 

Segundo o delegado Vinícius Ferrari, a polícia já está à procura do suposto líder do grupo há algum tempo. "Tentamos pegar o Jadson duas vezes. Na última, estávamos em um posto fazendo um reconhecimento de área e tivemos a oportunidade de efetuar a prisão dele, mas um comparsa dele, que estava no local, percebeu a ação. Como o carro deles era uma S10 e o da nossa equipe era um Gol, fizemos uma perseguição forçada. Durante a perseguição, ele e os comparsas deram uma rajada de tiros em nosso veículo, que acabou batendo o motor", informou o delegado.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »

Você é a favor da retirada da BRASKEM de Maceió?

81.8%
18.2%