19/06/2023 às 17h01min - Atualizada em 19/06/2023 às 17h01min

PT defende que Federação lance candidatura própria a Prefeitura de Maceió

Assessoria
Foto: Assessoria
Há um ano das eleições municipais de 2024, os partidos políticos mais atuantes e suas lideranças iniciam nos bastidores da politica local as articulações e mapeamento de quadros com potencial eleitoral visando a formação das chapas majoritárias e proporcionais. 

Em Maceió, capital do estado de Alagoas, não é diferente. É possível perceber pelas redes sociais essa intensa movimentação rumo ao poder local. Os dois maiores blocos políticos, formados pela base do atual prefeito JHC (PL) e pelos partidos que dão sustentação ao governador Paulo Dantas, já ensaiam nomes com viabilidade eleitoral para a disputa sucessão municipal. 

Recentes pesquisas de opinião, realizadas por institutos de pesquisa, apresentam os nomes que estão no xadrez politico do momento, entre eles o próprio prefeito JHC, que lidera a corrida ao tesouro, seguido por lideranças de diversos partidos dos dois blocos, a saber: Paulão (PT), Dr Wanderley (MDB), Davi Filho (PP), Rafael Brito (MDB), Alfredo Gaspar (União), entre outros. 

Em qualquer prognóstico politico realizado com precisão e conhecimento de estratégia eleitoral, as duas maiores cidades do estado ocupam um lugar estratégico e prioritário, até porque politica se faz pensando no curto, médio e longo prazo. Pois é, de olho nas eleições de 2006, os políticos locais miram os dois maiores colégios eleitorais de Alagoas: Maceió e Arapiraca. 

Recentemente, Maceió se destacou no cenário nacional por ser a única capital do nordeste que deu mais votos a Jair Bolsonaro. O eleitorado conservador também elegeu a maioria da bancada federal e do parlamento estadual. O único deputado de esquerda e do mesmo partido do presidente Lula, foi Paulão, com mais de 65 mil votos, o quarto mais votado na capital, que quase dobrou a votação em Maceió.  Como podemos observar existe um sentimento de polarização do eleitoral da capital, entre conservadores e esquerdistas.

A pergunta que não quer calar: o eleitorado de esquerda e mais progressista terá uma candidatura com esse perfil na capital ?  Se depender do Partido dos Trabalhadores, sim. O Diretório Municipal do PT em Maceió já anunciou que tem nomes para abrir o debate com a Federação Brasil da Esperança (PT,PV e PCdoB), e também com o bloco do governador Paulo Dantas. Os nomes já estão postos na imprensa há pelo menos dois ou três meses, os deputados Paulão e Ronaldo Medeiros, além da jornalista Elida Miranda. 

Segundo Marcelo Nascimento, presidente do PT na Capital, “O PT reúne as melhores condições atualmente para apresentar pré-candidatura à Prefeitura de Maceió: somos o partido do presidente da República que tem a maior aprovação popular em todas as pesquisas de opinião, o PT também tem a segunda maior bancada no congresso nacional e consequentemente isso impacta positivamente no maior tempo de televisão e fundo eleitoral. Entre os nomes apresentados pelo PT para a disputa na capital, está o deputado Paulão, o quarto deputado federal mais votado em Maceió e coordenador da bancada federal, grande interlocutor junto ao governo do presidente Lula. O eleitorado maceioense quer uma candidatura a esquerda nas próximas eleições para polarizar com o candidato de Bolsonaro, o prefeito JHC. Logicamente que esse debate será feito internamente na Federação (PT/PV/PCdoB) e junto ao bloco do governador Paulo Dantas,” declarou Nascimento.
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
O Fato Publicidade 1200x90
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp