28/04/2023 às 17h18min - Atualizada em 28/04/2023 às 17h18min

Saúde da Gente ultrapassou 360 mil atendimentos em diversos bairros da capital

As buscas ativas nas Grotas têm o maior índice de atendimentos, levando saúde para mais próximo da população.

Prefeitura de Maceió
Os atendimentos beneficiam diversos bairros de Maceió. Foto: Victor Vercant/ Ascom SMS

O programa Saúde da Gente, iniciativa da Prefeitura de Maceió, já ultrapassou mais de 360 mil atendimentos desde sua implantação. Com o intuito de facilitar o acesso aos serviços de saúde para a população de comunidades em vulnerabilidade social, a ação que acontece de forma itinerante e permanece em bairros durante sete dias tem proporcionado ao maceioense, consultas clínicas, exames de alta e média complexidade e encaminhamentos para especialidades, quando necessário.

O programa conta com uma equipe multiprofissional que leva assistência de saúde básica e complexa para toda a população. Com a finalidade de atender a diversos públicos, o programa possui cinco frentes, dentre elas estão a Saúde Infantil, Saúde da Mulher, Saúde Animal, Saúde nas Grotas e Saúde Mental que acontece de forma descentralizada nas Unidades Básicas de Saúde. 

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), a frente da Mulher já registrou 48.147 atendimentos, a Saúde Infantil contabilizou 48.799 serviços e a Saúde Mental possui 35.179 serviços realizados.  As ações de buscas ativas nas Grotas já contabilizam 183.284 atendimentos e  a atenção aos animais, com a Saúde Animal chegou a 45.692 procedimentos nos pets da população. 

No geral, 361.101 maceioenses foram beneficiados pelos serviços de saúde que buscam diminuir a demanda nas Unidades Básicas de Saúde e proporcionar dignidade e proximidade entre saúde e população. 

Ana Beatriz Souza, supervisora do Saúde da Gente, explica que o alcance da saúde tem chegado a diversos bairros e beneficiado quem mais precisa. “Como o programa acontece de forma itinerante, consegue contemplar vários locais em vulnerabilidade social, consequentemente há maior facilidade no acesso à saúde e possui um impacto positivo para as pessoas”, afirma. 

“Além de ser uma questão de saúde pública, a ação abrange a questão socioeconômica com possibilidades de promover saúde e avaliar o cenário socioeconômico para desenvolver melhores estratégias de modo a cuidar das pessoas, além disso com a facilidade do acesso aos serviços de saúde, nos aproximamos da comunidade. Se o maceioense não pode ir até a saúde, a saúde vai até o cidadão", finaliza Ana Beatriz Souza, supervisora do Saúde da Gente.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
O Fato Publicidade 1200x90
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp