30/09/2017 às 00h12min - Atualizada em 30/09/2017 às 00h12min

05 anos sem Hebe Camargo

DAVID HERNANDES - Radialista e Blogueiro

Hoje completam 05 anos da morte de Hebe Camargo, cinco anos que não ouvimos sua maravilhosa gargalhada, suas entradas triunfais sempre bem vestida e cheia de joias exuberantes.

05 anos de saudade de uma artista que conquistou os brasileiros com uma formula simples um bate papo sentada em um sofá. Com ela vivemos as alegrias das copas do mundo e das olimpíadas, ela sempre vestida de verde e amarelo nessas ocasiões, mas não eixou de pintar cara e exigir o impecheament de um presidente.

Hebe não tinha distancia com convidados, entrevistava com a mesma maneira e com o mesmo carinho fosse um presidente ou um simples gari, era autêntica.

Começou cantando no rádio, para a TV foi um pulo , partiu com uma equipe comandada por Assis Chateaubriand rumo ao porto de Santos pra receber os equipamentos da primeira emissora de TV do Brasil, mas se negou a cantar o terrível hino da televisão. Preferiu passar a noite com um namorado. Hebe trabalhou em varias emissoras 

Em seguida foi para Bandeirantes

SUCESSO NO SBT

Em 1986 Silvio Santos a contratou, pois queria que sua emissora saísse um pouco do popularesco e Hebe tinha credibilidade que com certeza iria trazer muitos patrocinadores

o sucesso foi tanto que Hebe virou matéria da revista Veja além de ter sido sabatinada no programa Roda Vivo da TV Cultura.

2010 DESCOBRTA DE UM CANCÊR E SAÍDA DO SBT

Em 2010 Hebe descobriu que estava com câncer, fez quimioterapia perdeu peso e cabelo, mas não perdeu o charme, voltou a TV usando peruca e foi recebida por uma plateia composta de celebridades

. Em dezembro desse mesmo ano Hebe decide sair do SBT, a apresentadora não aceitou sua redução de salário que antes era um milhão de reais, caiu para 500, mas não aceitou ficar ganhando 250 mil reais. 

Foi contratada pela Rede TV, mas não passou muito tempo por lá, pois seu salário atrasava e o pior a doença voltou dessa vez bem mais forte.

Hebe sempre dizia que não tinha medo da morte, se sentia triste caso porque indo embora não veria mais seu público e não teria mais a televisão e até brincou sobre o assunto no programa de Jô Soares.

Como todos diziam Hebe você não pode morrer, tem que morrer e nascer de novo, pois é insubstituível.


Link
Notícias Relacionadas »

Você é a favor da retirada da BRASKEM de Maceió?

80.0%
20.0%
Moeda Valor
Servidor Indisponível ...