04/09/2016 às 17h46min - Atualizada em 04/09/2016 às 17h46min

Ministro da Cultura é hostilizado em festival de Petrópolis

O Fato com Jornal do Brasil

O ministro da Cultura, Marcelo Calero, foi vaiado e chamado de golpista pela plateia do FestCine, em Petrópolis (RJ), na noite desta sexta-feira (2). Irritado, o ministro trocou insultos com pessoas da plateia, fazendo gestos com as mãos associado ao roubo. Calero deixou o auditório acompanhado de seguranças.

Manifestantes que estavam no local afirmam que Calero teria respondido "golpista, sim, com muito orgulho", mas o ministro do governo Temer nega. Pessoas que não participavam do ato deram as costas para Marcelo Calero e aplaudiram os manifestantes que estavam no auditório.

No Facebook, Calero disse que ele e o público ficaram indignados com o "tumulto" de "um cidadão, acompanhado de outros 5". O ministro atribuiu o protesto a integrantes da União da Juventude Socialista (UJS).

"Aconteceu ontem: no encerramento da minha fala na sessão de debates do Festival de Petrópolis, um cidadão, acompanhado de outros 5, iniciou um tumulto, com as ações e palavras agressivas e intimidatórias que fazem parte do repertório desse pessoal. A União Juventude Socialista - UJS reivindicou a organização e execução do ataque. Eu e o público presente nos indignamos com a tentativa de interrupção de um evento que custou muito trabalho e dinheiro às produtoras e ao povo de Petrópolis - e demonstramos isso com altivez", registrou o ministro


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »

Você é a favor da retirada da BRASKEM de Maceió?

80.0%
20.0%
Moeda Valor
Servidor Indisponível ...