04/12/2017 às 17h43min - Atualizada em 04/12/2017 às 17h43min

JUSTIÇA MANDA CITAR PREFEITO CACAU FILHO SOBRE AÇÃO POPULAR

Prefeito Cacau tem prazo de 20 dias para responder sobre supostas irregularidades sobre cargos comissionados

O Fato com Reporte Mirim

O Juízo da 2ª Vara Cível e Criminal de Marechal Deodoro, através da determinação da doutora Juliana Batistela Guimarães de Alencar, Juíza de Direito, determinou a citação do prefeito Claúdio Roberto Ayres da Costa, dando prazo de 20(vinte) dias para ele responder as fortes acusações apresentadas em Ação popular, pelo repórter Dêvis Klinger - Coordenador do Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral no município de Marechal Deodoro - tudo com base no art.7º, inciso IV, da Lei nº 4.717/65, contrariando as informações divulgadas em blogs e sites chapa branca.

A Ação Popular, inclusive, já foi dado vistas ao representante do Ministério Público Doutor Silvio Azevedo Sampaio, conforme cota de vista do diligente representante doparquet, a promotoria tomou ciência da decisão que corre em desfavor de Cacau Filho, no dia 28 de novembro de 2017, às fls. 1566 do processo nº 0701322-55.2017.8.02.0044.

Em contato com o autor da ação - o núcleo de redação do repórter mirim - ouviu de Klinger que deixaria para se manifestar sobre o assunto após a contestação dos advogados do prefeito, inclusive, estaria em contato com algumas autoridades federais em relação ao município de Marechal Deodoro - que envolvem verbas federais - mas no momento não trataria sobre o assunto.

Em tempo: A redação do repórter mirim tentou contato com o prefeito - esse preferiu o silêncio - não atendendo as nossas ligações.


Link
Notícias Relacionadas »

Você é a favor da retirada da BRASKEM de Maceió?

79.2%
20.8%
Moeda Valor
Servidor Indisponível ...