29/04/2016 às 13h58min - Atualizada em 29/04/2016 às 13h58min

ASSASSINOS DA EX ASSESSORA SETORIAL DE JUVENTUDE DO GOVERNO RONALDO LESSA SÃO PRÊSOS

O Fato com Cada Minuto

Foram apresentados no final da manhã desta sexta-feira os acusados de assassinar a servidora pública Marta Emannuele Silva de Oliveira, 34 anos, dentro da própria residência, localizada no município de Pilar.Segundo o delegado de Pilar, José Carlos, eles são responsáveis por cometer outros assaltos no município e em Maceió.

Erycles Ronaldo Silva Teixeira, 19 anos, e Diego Leite, de 19 anos foram apresentados durante coletiva de imprensa na Secretaria de Segurança Pública. Darlene Rebeca, de 21 anos, é namorada de Erycles e foi detida por auxiliar a dupla nos assaltos.

O delegado informou que  Erycles confessou ter atirado na servidora pública. No momento em que prestou depoimento, ele chegou a afirmar que houve resistência da vítima, mas as investigações feitas pela Polícia Civil dão conta que Marta correu para se  esconder dentro de casa e que o disparo que a matou foi feito do lado de fora, perfurando o muro e a atingindo.

Outro detalhe revelado pelo delegado José Carlos é com relação a autoria dos jovens em outros assaltos. Segundo a polícia, Erycles e Diego assaltaram na última semana um casal de empresários na cidade e eles são apontados como os responsáveis por assaltos na capital.

Uma das informações prestadas por vitimas e que ajudou na ligação dos fatos foi o veículo utilizado por eles na fuga de ontem, um Uno vermelho, o mesmo utilizado na ação contra o casal de empresários e também em outros assaltos.

“A placa do veículo estava adulterada, mas era o mesmo. O casal de empresários foi a delegacia prestar queixa do assalto e deram detalhes dos assaltantes, que acabou sendo os mesmos que testemunhas informaram ontem após a morte da servidora pública”, disse.

O veículo foi encontrado por policiais do 5º Batalhão em uma rua no bairro do Cambuci, em Maceió. Os policiais ficaram de vigília e viram o momento que os três jovens se aproximaram do carro.

O delegado esclareceu que Darlene não participou do crime de ontem, mas as investigações apontam que ela guardava os materiais fruto dos assaltos.

“Dentro do veículo nós aprendemos um notebook, celulares e outros objetos que acreditamos ser fruto de assaltos. A arma também foi apreendida”, completou.

À imprensa, Darlene negou os crimes, disse que não sabia do envolvimento do namorado em assaltos e que apenas guardava o que ele pedia. Já Erycles confessou o crime da servidora e disse que a vítima foi escolhida “por acaso”, já a ação contra o casal de empresários, ele disse saber que eles tinham alto poder aquisitivo.

 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »

Você é a favor da retirada da BRASKEM de Maceió?

79.2%
20.8%
Moeda Valor
Servidor Indisponível ...