10/04/2016 às 02h07min - Atualizada em 10/04/2016 às 02h07min

Capitão da Polícia Militar é assassinado com tiro em ocorrência no Santa Amélia

Suspeito se apresentou à polícia momentos após ter atirado contra Rodrigo Rodrigues

O Fato com Gazetaweb

O capitão Rodrigo Moreira Rodrigues, de 32 anos, que estava na supervisão do dia do Batalhão de Polícia de Radiopatrulha (BPRP), foi morto a tiros, no fim da noite desse sábado (09), durante uma ocorrência no bairro de Santa Amélia, na parte alta de Maceió. A viatura comandada pelo oficial foi recebida à bala por um homem que estava dentro de uma residência. Um dos tiros acertou o militar.

O suspeito de ter atirado se apresentou na Central de Flagrantes momentos após o crime. Ele trabalha em uma concessionária de veículos de Maceió e registrou um Boletim de Ocorrências (BO) alegando que teve a residência invadida.

Outros três policiais estavam na guarnição e não foram atingidos pelos projéteis. Na linha de frente, o capitão Rodrigues sofreu um disparo e foi imediatamente socorrido ao Hospital Geral do Estado (HGE). Assim que chegou à unidade, ele não resistiu à gravidade e morreu. A confirmação da morte foi dada pelo posto policial do HGE.

Os militares informaram que a guarnição tentava localizar suspeitos de ter roubado um aparelho celular. O equipamento possui rastreador e os policiais conseguiram achar o imóvel pelo monitoramento. Na casa, o capitão Rodrigues chamou o dono pelo muro e, quando foi recebido, levou o tiro. A PM acredita que o proprietário do imóvel não reconheceu a viatura, tampouco o militar que o chamou.

Com o oficial ferido, os demais policiais deixaram o local e seguiram para o HGE. Outras viaturas foram acionadas no sentido de prender o suspeito de ter atirado contra o policial, mas ele se apresentou na Central de Flagrantes depois.

Um dos colegas de farda do capitão Rodrigues, que não quis se identificar, revelou que o militar morto era de boa índole, casado e deixa um filho de oito meses.

O corpo do oficial vai passar por exame de necropsia no Instituto Médico Legal (IML) de Maceió e liberado para sepultamento na manhã deste domingo (10). 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »

Você é a favor da retirada da BRASKEM de Maceió?

79.2%
20.8%
Moeda Valor
Servidor Indisponível ...