14/12/2015 às 18h28min - Atualizada em 14/12/2015 às 18h28min

Para Lula, Cunha atrapalhou protestos pró-impeachment

Ex-presidente discutiu manifestações com presidente do PT e líder do partido

O Fato e Agência O Globo

SÃO PAULO — Em reunião na manhã desta segunda-feira, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva avaliou que o envolvimento do presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), na abertura do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff fez com que o público presente em manifestações contra o governo no último domingo caísse em relação a atos anteriores.

Lula discutiu a adesão aos protestos em encontro, em seu instituto, em São Paulo, com o presidente do PT, Rui Falcão, e com o líder do partido na Câmara, Sibá Machado (AC).

— Uma das coisas (que Lula falou) é que essa situação mal resolvida do presidente da Casa contamina as expectativas da oposição (de grande adesão da população aos protestos) — afirmou Sibá.

De acordo com o líder do PT na Câmara, Lula e Falcão não consideram, porém, que a batalha contra o impeachment está vencida.

— A linha geral da avaliação é que o protesto caiu muito, perdeu fôlego. Mas não estamos cantando vitória — disse Sibá.

Na reunião, o ex-presidente também fez um apelo para que o PT abra negociação para colocar em votação medidas no Congresso, principalmente relacionadas à pauta orçamentária.

— Tem que separar um pouco esse briga política, que nem mais chamamos de crise, e tentar fazer um mínimo de negociação para as coisas no Brasil andarem — concluiu o líder da legenda.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »

Você é a favor da retirada da BRASKEM de Maceió?

80.0%
20.0%
Moeda Valor
Servidor Indisponível ...