24/06/2021 às 19h09min - Atualizada em 24/06/2021 às 19h09min

Vereadora se diz boicotada pelo Prefeito de Marechal Deodoro

Projeto de lei visava doações de absorventes às alunas deodorenses

Assessoria

Em uma suposta demonstração de que pouco se importa com a opinião pública do deodorense, principalmente das mulheres, os vereadores de Marechal Deodoro, mais especificamente aqueles que compõem a bancada do prefeito Cláudio Filho, rejeitaram, na sessão desta quarta-feira(23) o Projeto de Lei da vereadora Ledice Cavalcante, que visava distribuir gratuitamente absorvente às alunas da rede pública de ensino do município.

 

Nem os inúmeros apelos, feitos por autoridades políticas e cidadãos, conhecedores dos benefícios que o PL traria tanto ao Sistema de Saúde quanto ao alunado feminino, foram suficientes para sensibilizar, pressionar os parlamentares municipais que, ao que aparenta, preferem pautar seus mandatos sob a batuta do prefeito Cláudio Filho.

 Nitidamente incomodada com as matérias que tornam público assuntos de interesse coletivo, algo inédito no município, em nota publicada no Instagram oficial da Câmara de vereadores, o colegiado alega que rejeitou o projeto de Lei por este ser inconstitucional, e não em função de motivação política, já que a vereadora Ledice Cavalcante  faz oposição a gestão.

 

Revoltado, um internauta  deixou claro sua insatisfação com o comportamento da Câmara de Vereadores de Marechal Deodoro.

 

“Como é que pode, a Câmara postar uma nota, em um meio de comunicação oficial, para tentar justificar o seu voto contrário, dado a um Projeto de Lei?

Para mim, isso é retaliação a vereadora!

Estão usando  página oficial a serviço da bancada do gestor?

É o cúmulo do absurdo!

 

É importante frisar que não existe ,por parte da imprensa local, motivo nenhum para distorcer os fatos, como afirmou equivocadamente a nota publicada pelo Poder Legislativo, mas sim um trabalho pautado na verdade, fundamental para que o leitor tome conhecimento de informações públicas e, assim, tenha elementos para julgar os posicionamentos de seus representantes legais.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »

Você é a favor da retirada da BRASKEM de Maceió?

79.4%
20.6%
Moeda Valor
Servidor Indisponível ...