22/05/2021 às 22h47min - Atualizada em 22/05/2021 às 22h47min

Polícia Militar apresenta conquista após 100 dias do novo Comando

Promoções e conquista das pensionistas são alguns dos êxitos alcançados nesta gestão

O Fato com Agência de Notícias
 

O Comando Geral da Polícia Militar de Alagoas (PM-AL) completou mais de 100 dias à frente da Corporação
com diversas conquistas alcançadas. Desde o dia 13 de janeiro, a Instituição é conduzida pelo coronel
Wellington Bittencourt e seu subcomandante, coronel Thúlio Emery.

Dentre suas principais conquistas nesses 100 dias, estão a promoção de 173 praças, a retomada do fluxo
das promoções de oficiais e o direito da pensão integral para pensionistas de policiais militares.

“Somos muito gratos pela missão que, cremos, foi a nós confiada por Deus. Nossos esforços têm se concentrado,
e assim pretendemos seguir, com muito trabalho, sempre valorizando nossos militares. É uma honra e uma
responsabilidade imensas conduzir esses homens e mulheres que têm contribuído de forma decisiva na redução
da criminalidade e na promoção do bem-estar da população e da paz social. Temos dado continuidade aos
trabalhos iniciados nas gestões anteriores e as conquistas já alcançadas também contam com a dedicação
dos oficiais que estiveram à frente da nossa Corporação. Vale ressaltar que há anos temos gestores que l
utam por melhorias para o efetivo e esse objetivo norteia também os nossos passos para o futuro”, comentou
o comandante-geral da PM, coronel Bittencourt.

Reuniões e visitas

Entre as principais reuniões que marcaram o início da gestão estão o debate sobre assédio com as policiais
femininas da PM-AL, juntamente com a Secretaria de Estado da Mulher; a reunião com Arísia Barros,
do Instituto Raízes da África; o primeiro encontro com o Alto Comando da Instituição; e, no dia 22 de
janeiro, uma reunião do Alto Comando junto ao governador Renan Filho e ao secretário de Segurança
Pública, Alfredo Gaspar, para apresentar os projetos estruturantes da Corporação previstos para o ano de 2021.

Entre janeiro e abril, o coronel Bittencourt reuniu-se ainda com o Conselho Estadual de Segurança Pública (Conseg);
com os comandos das Forças Armadas em Alagoas (Marinha, Aeronáutica e Exército); com as associações que
representam militares da ativa e da reserva das mais diversas graduações e patentes; Ordem dos Advogados
do Brasil Seccional Alagoas; entre outros órgãos.

No dia 29 de março, foi promovido um encontro com representações de movimentos sociais. Marcaram presença
a então secretária de Estado de Prevenção à Violência, Esvalda Bittencourt; o presidente do Grupo Gay de Maceió,
Messias Mendonça; além de representantes da Aliança Nacional LGBTQI+, da Secretaria da Mulher e dos Direitos
Humanos do Estado, do Movimento dos Povos das Lagoas, da ONG Afrodite, do Movimento LGBT de Alagoas,
do Centro de Acolhimento Ezequias Rocha Rego, entre outros.

Adaptação

Com a chegada da pandemia do novo coronavírus, a forma de realizar os cursos de formação e aperfeiçoamento
tiveram que ser adaptados à nova realidade das medidas de distanciamento social. Além da formação dos
novos 811 soldados, que concluíram o Curso de Formação de Praças (CFP) na última segunda-feira (17),
a PMAL realizou o Curso de Aperfeiçoamento de Oficiais (CAO), o Curso de Habilitação de Oficiais da
Administração e Especialistas (CHOAE) e o Curso de Aperfeiçoamento de Sargentos (CAS) de maneira híbrida,
utilizando ferramentas digitais para as aulas à distância.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »

Você é a favor da retirada da BRASKEM de Maceió?

80.2%
19.8%
Moeda Valor
Servidor Indisponível ...