14/03/2021 às 23h57min - Atualizada em 14/03/2021 às 23h57min

Responsáveis pela manifestação Pró-Bolsonaro que atrapalharam vacinação dos idosos no Jaraguá irão ser representados pelos Caras Pintadas e MCCE-AL no MP-AL

O pedido de investigações deve atingir Vereador Bolsonarista Leonardo Dias que convocou ato no lugar da vacinação

A Redação
O Fato
O Governo Bolsonaro vem contribuindo drasticamente com as mortes da contaminação do Covid-19, desde a demora da compra de vacinas, campanha contra o isolamento social para conter o vírus, Em Maceió neste último domingo dia 14 de março de 2021, no estacionamento do Jaraguá, local de ponto de vacinação de idosos contra o Covid-19; manifestantes Pró-Bolsonaro, em um ato insano, convocou aglomeração de seguidores de Bolsonaro sem máscaras com veículos no lugar da vacinação, desta forma atrapalhando o acesso dos idosos no lugar de vacinação; levando a revolta dos idosos sem conseguir ter acesso a vacinação.  “O Vereador Leonardo Dias nas redes sociais convocou a manifestação, um ato irresponsável que terá que responder perante a Justiça Alagoana”, afirmam os dirigentes dos Caras Pintadas e MCCE-AL. O Vereador Bolsonarista, Leonardo Dias, vem fazendo campanha contra a vacinação, propondo até uma PL (Projeto de Lei), para que a vacinação não seja obrigatória em Maceió, mesmo com aproximadamente 300 mil brasileiros, morreram de Covid-19. Isso quer dizer que o ato no lugar de vacinação, foi premeditado, para impedir o acesso dos idosos a vacinação. O Ministério Público de Alagoas precisa dar uma resposta á esse atentado contra o Estatuto do Idoso e contra a saúde pública , em um momento tão drástico da história mundial , onde o Brasil é o campeão de contaminação no momento atual. Além de Ministério Público de Alagoas os movimentos irão pedir a cassação do Vereador Leonardo Dias, por falta de decoro parlamentar, na Câmara Municipalde Maceió.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »

Você é a favor da retirada da BRASKEM de Maceió?

80.2%
19.8%
Moeda Valor
Servidor Indisponível ...