23/09/2019 às 22h58min - Atualizada em 23/09/2019 às 22h58min

Entrevista com o Advogado Adriano Argolo sobre a prisão do Lula

Jornalista Raudrin de Lima
O Fato
Internet
Raudrin:Dr. Adriano Argolo, a prisão do ex-presidente Lula é  legal?
Adriano Argolo:Não! A prisão do ex presidente Lula é a mais injusta, ilegal e criminosa do judiciário brasileiro na sua história, Lula é um preso político! O estado de exceção que assaltou o Brasil e permanece todavia, tem na prisão do ex presidente seu símbolo máximo, uma prisão política, sem provas, baseada em delações fraudadas, inverídicas, que nunca se comprovaram com documentos ou, sequer, indícios. A revelação do conluio entre o ex juiz Moro com procuradores da lava jato, especialmente com o Deltan Dallagnol, expõe e sacramenta com provas documentais que o Moro prendeu o ex presidente Lula ilegalmente, injustamente, na realidade, o ex juiz Moro cometeu diversos crimes para perpetrar essa prisão medieval.
Raudrin:Aonde a Operação Lava Jato falhou?
Adriano Argolo:A operação lava jato desde o início foi uma operação dirigida para golpear o estado brasileiro, seu intuito nunca foi combater a corrupção, nunca foi fazer justiça, pelo contrário, ela por princípio já nasceu com má fé, sua função era destituir o PT do poder, prender o Lula e implantar um estado de exceção fascista, portanto, ela já nasceu errada. Seus erros são conhecidos por todos os operadores do direito, ela implementou o lawfare, que é a utilização de meios judiciais frívolos, com aparência de legalidade para coaptação da opinião pública para perseguir inimigos políticos de uma concepção elitista e excludente da sociedade, ela utilizou o instituto da delação premiada erroneamente, deturpando seu conceito e usando essas delações sem provas como único fundamento para condenar. A lava jato é antipovo, seus integrantes defendem um sistema perverso na justiça e na sociedade, aliás, isso ficou bem claro com as revelações do Intercept Brasil, feitas sob o comando do jornalista Gleen Greenwald, onde foi revelado, comprovado e exposto suas corrupções, suas ilegalidades, suas seletividades, enfim, seus crimes. Os integrantes da lava jato, principalmente o ex juiz Moro e o seu “serventuário” Dallagnol, em qualquer país democrático, onde o estado de direito seja respeitado, já estariam presos pelo seus inúmeros crimes categoricamente comprovados.
Raudrin:Qual sua opinião referente ao ex-juiz Sérgio Moro?
Adriano Argolo:O ex juiz Moro é um criminoso comprovado com fartas provas documentais! Suas ações criminosas como juiz já foi deveras provado, seja através de suas decisões judiciais ilegais e eivadas de abuso de autoridade e de condenações sem provas, ou através de suas relações corruptas e perniciosas com o ministério público federal, reveladas através de documentos pela vaza jato do Gleen Greenwald, aqui uma pequena explicação: em Direito os áudios e as transcrições das conversas do ex juiz Moro com Dallagnol e integrantes da lava jato são documentos, desse modo, existem fartas provas documentais que atestam que o ex juiz Moro cometeu vários crimes, por conseguinte, é um criminoso.
Raudrin:Porque o ex-presidente Lula é considerado um preso político?
Adriano Argolo:Lula é um preso político por vários motivos, dentre os quais: a perseguição a que está submetido o ex-presidente, pelo nosso sistema de justiça criminal que utilizou vergonhosamente o direito penal do inimigo(lawfare) já foi comprovado com imensuráveis documentos e depoimentos, ele é tratado pelo Poder Judiciário como um inimigo ideológico, não como um réu comum, com direitos processuais e constitucionais consagrados e garantidos para qualquer pessoa, para o Lula isso nunca existiu nesse processo vergonhoso, tanto o ex juiz Moro, quanto desembargadores e ministros dos tribunais superiores  nunca esconderam seu ódio ao Lula, eles tratam o ex presidente como um perigo no sentido político, Lula é aquele que pode trazer de volta uma corrente ideológica que a maioria do Poder Judiciário e do Ministério Público não quer e não aceita, resumindo: no sentindo amplo, tanto jurídico, sociológico e político, o ex presidente Lula, o maior líder político da história do Brasil segundo inúmeras pesquisas e estudos científicos, é um preso político!
Raudrin:Na ordenação jurídica qual os crimes que Sergio Moro e Dallagnol praticaram?
Adriano Argolo:Moro e Dallagnol cometeram diversos crimes, inclusive, comprovados com imensas provas documentais, entre esses crimes se destacam: corrupção passiva, formação de quadrilha, organização criminosa, abuso de autoridade, improbidade administrativa, fraude processual, prevaricação, lavagem de dinheiro e outros que em uma investigação de cinco minutos se descobririam facilmente, porém, pasmem, quem fala isso não sou eu, isso é um consenso entre os mais renomados e respeitados juristas do país, como a juíza do trabalho Raquel Braga, os ministros do STF Gilmar Mendes e Marco Aurélio, os desembargadores Tutmes Airan do TJ/AL, Alfredo Attié Junior do TJ/SP e Siro Darlan do TJ/RJ, além de outros desembargadores e de várias outras autoridades do próprio Poder Judiciário, percebam que eu só citei juízes, ministros e desembargadores, não necessitei citar a maioria dos juristas brasileiros que consideram Moro como um criminoso contumaz e perigoso.
Raudrin:O que você espera pra o futuro de Lula em relação ao poder Judiciário brasileiro?
Adriano Argolo:O Poder Judiciário tem obrigação de libertar o Lula imediatamente! Se isso vai acontecer é outra história, mas essa é a tônica judicial que se impõe, sendo assim, espero e acredito na liberdade do ex presidente Lula o mais rápido possível. Nada que não seja a anulação dos processos que tiveram atuação do Moro e da patota da lava jato contra o Lula pode ser aceito. O STF tem uma dívida histórica com o povo brasileiro nessas fraudes e armações contra o ex presidente Lula, portanto, já está passando da hora do Supremo se redimir, anulando os processos onde o Lula foi condenado pelo Moro, libertando o ex presidente e determinado investigações contra o Moro e sua turma da lava jato, caso isso não aconteça, o STF será cúmplice de um crime desumano e perverso contra o maior líder popular da história do Brasil. Lula livre é a condição que restitui um pouco a democracia no Brasil e a independência de um judiciário já muito desmoralizado.
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »

Você é a favor da retirada da BRASKEM de Maceió?

77.3%
22.7%
Moeda Valor
Servidor Indisponível ...
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp