21/02/2019 às 11h01min - Atualizada em 21/02/2019 às 11h01min

Maduro envia blindados do Exército para a fronteira da Venezuela com o Brasil

Presidente venezuelano reage ao anúncio da participação brasileira na entrega de ajuda internacional prevista para o próximo sábado

O Fato com Agência
O Globo

RIO — Na tarde da última quarta-feira, o governo de Nicolás Maduro começou a mobilizar tropas e veículos militares para a fronteira entre seu país e o Brasil, reagindo ao inesperado anúncio de participação brasileira na entrega da ajuda internacional prometida para o próximo sábado pelo líder opositor Juan Guaidó, que se declarou presidente interino com apoio da Assembleia Nacional e já foi reconhecido por 50 países.
Os moradores da cidade venezuelana de Santa Elena, localizada a cerca de 15 quilômetros da fronteira com o estado de Roraima, se assustaram ao ver os blindados e soldados sendo deslocados para o batalhão militar mais próximo do território brasileiro. Fotos dos tanques enviados pelo ministro da Defesa, general Vladimir Padrino López, que nesta semana mais uma vez declarou sua lealdade a Maduro, circularam em grupos de WhatsApp de moradores da região.

O envolvimento do Brasil na primeira fase da operação foi uma surpresa até mesmo para a oposição venezuelana e levou funcionários brasileiros a mergulharem num ritmo vertiginoso de trabalho em Brasília para organizar em menos de três dias o envio de medicamentos e alimentos a Boa Vista.

Os suprimentos serão doados pelos governos do Brasil e dos Estados Unidos, segundo confirmou uma fonte envolvida no processo. De acordo com essa fonte, o Brasil contribuirá com remédios e alguns alimentos. Os EUA, por uma questão da legislação brasileira, não podem doar medicamentos, mas sim insumos médicos como gaze e seringa.
FONTE:O GLOBO


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
O Fato Publicidade 1200x90
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp