19/11/2018 às 01h20min - Atualizada em 19/11/2018 às 01h20min

Homem seqüestrado por ETs recebe seguro

O Fato com Revista Ufos

Uma companhia de seguros britânica acaba de pagar um montante de um milhão de libras esterlinas (cerca de 1,7 milhão de dólares) a um homem que fizera um seguro em seu próprio nome contra seqüestro por extraterrestres. Esta é a primeira vez que se sabe de uma empresa de seguros realizar este tipo de operações — o que pode vir a tornar-se um hábito, a julgar pelo aumento nos casos de seqüestros por ETs dos últimos anos…

O contemplado pela seguradora é o jovem inglês Joseph Carpenter, que apresentou provas irrefutáveis de que foi de fato seqüestrado por seres alienígenas, permanecendo por determinado período de tempo em seu poder. “O fato realmente aconteceu e a seguradora teve de honrar com seus compromissos”, declarou à Rádio BBC o senhor Simon Burgess, diretor da empresa, a Goodfellow Rebecca Ingrams Pearson Ltd (Grip), uma seguradora especializada em riscos inabituais.

Carpenter apresentou como uma das provas de sua trágica experiência uma garra transparente encontrada, segundo ele, presa na manga de seu casaco depois do seqüestro. Uma fotografia e um vídeo filmado por quatro pessoas que estavam com ele no momento do seqüestro também foram apresentados e confirmaram a história. “É uma inovação mundial”, disse o diretor da seguradora, destacando que não foi vítima de uma brincadeira e que tem certeza de que Carpenter agiu de boa fé.

O abduzido Joseph Carpenter é um eletricista de 23 anos apaixonado por discos voadores desde a infância. O rapaz fez o seguro contra raptos de ETs em outubro de 1996, pagando um prêmio anual de 100 libras (cerca de 170 dólares), segundo a companhia. Sua experiência é fascinante — embora aterrorizante. O jovem afirmou que em 14 de novembro passado passeava com alguns amigos perto da Base da Real Força Aérea Inglesa, em Wiltshire (sudoeste do país), quando foi transportado por um raio luminoso até uma nave de forma triangular, antes de perder a consciência. É curioso que, entre 1995 e 1996, centenas de naves triangulares foram observadas em vários países da Europa, concentrando-se na Bélgica e levando o ministro da Aeronáutica daquele país a determinar rigorosas sindicâncias a respeito. Sem conclusão até hoje!

Ao voltar a si, Carpenter já estava dentro de uma gigantesca sala que lhe pareceu uma “estufa repleta de plantas”. Dentro deste espaço, viu um extraterrestre de “cabeça triangular e pele oleosa semelhante a dos golfinhos” que lhe disse, por telepatia, para que não tivesse medo. Depois, o abduzido voltou a desmaiar e acordou novamente já em terra, sendo devolvido por seus algozes.

Carpenter recebeu seu cheque da seguradora Goodfellow na véspera do Natal e partiu em seguida para o Triângulo das Bermudas, segundo Burgess. A empresa, no entanto, não pretende contabilizar prejuízo e, segundo fontes internas confidenciais, já está negociando com os meios cinematográficos norte-americanos a venda das provas para recuperar uma parte de seu prejuízo. A idéia é realizar um documentário lucrativo, tal como os filmes Intruders, Fogo no Céu e Caso Roswell. Se a moda pega e alguma seguradora brasileira resolver aderir a ela, para os próximos anos, só teremos filmes ufológicos sendo produzidos em Hollywood.

Nota de desaparecimento:

O ufólogo Vianney da Costa Pinheiro está desaparecido desde o início de novembro de 1996, quando viajava de Fortaleza para Brasília, via terrestre. Quaisquer informações sobre seu paradeiro, favor ligar para o Centro de Pesquisas Ufológicas (CPU), fones: (085) 231-0805 ou (085) 226-1753.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »

Você é a favor da retirada da BRASKEM de Maceió?

79.2%
20.8%
Moeda Valor
Servidor Indisponível ...