26/06/2018 às 01h19min - Atualizada em 26/06/2018 às 01h19min

Presidente do Grupo Gay de Alagoas divulga sua pré-candidatura a deputado federal por Alagoas

Assessoria de Imprensa do pré-candidato - Nildo Correia
Alagoas pela primeira vez terá um candidato LGBTI+ de grande expressão es visibilidade política ao parlamento federal. O jornalista/blogueiro e militante LGBTI+ alagoano Nildo Correia, usou as suas redes sociais nos últimos dias,  para anunciar a sua pré-candidatura ao cargo de deputada federal, pelo partido Solidariedade em Alagoas. Nildo Correia é presidente do Grupo Gay de Alagoas, e está no movimento LGBTI+ desde 1997, onde iniciou a sua carreira pública dentro do GGAL, entidade em que faz parte e representa até os dias de hoje.

 

“Entro nesse novo momento de luta, em prol da luta por direitos LGBTI+, com o objetivo de oportunizar a de comunidade de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis, Transexuais e Demais, a ter um projeto político específico voltado à população alvo em discussão, e por entender que somos um povo que não desiste que não se cala, não somos mais a sujeira debaixo do tapete e estamos igualmente fartos de tanta intolerância e tanta corrupção. Sem contar que precisamos começar a representar nossas próprias bandeiras de luta, que não seja através de heterossexuais, mais sim pelos que sofrem na alma, carne e pele, a dor da aversão homolésbotransfobia”.

 O militante ainda informou que seu conjunto de propostas está sendo elaborado, com a participação de grandes nomes do movimento LGBTI+ brasileiro, a exemplo de Claúdio Nascimento – Idealizador do Programa Rio Sem Homofobia / Professor Doutor Toni Reis – Presidente da Aliança Nacional LGBTI+ / Welton Trindade – Fundador do Guya Gay Brasil / Clovis Casimiro – Coordenador Brasil da Associação Internacional de Turismo LGBT – IGLTA / e o professor, Doutor Antropólogo, historiador, pesquisador, e um dos mais conhecidos ativistas brasileiro em favor dos direitos civis LGBTI+ no Brasil - Luiz Mott. Como também a participação de uma grande massa de pessoas local, que estão se disponibilizando para contribuir voluntariamente com a sua candidatura”, afirmou Nildo Correia.

 Correia ainda completou alegando estar preparado para assumir o posto, já que atua em prol da comunidade LGBTI+ há 21 anos, e que vai utilizar a sua influência para lutar pelos direitos da comunidade Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis, Transexuais e Demais.

 “Sou negro, pobre, morador da periferia, e como transito em outros movimentos sociais que também sente na pele a desigualdade social, incluirei também no meu projeto político, propostas que venham contribuir na garantia da qualidade de vida de outros seguimentos, a exemplo de mulheres, negros, moradores de rua, pessoas vivendo e convivendo com IST/AIDS, e jovens, pois os mesmos também precisam ter seus anseios ouvidos”, disse Nildo Correia.   
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »

Você é a favor da retirada da BRASKEM de Maceió?

79.4%
20.6%
Moeda Valor
Servidor Indisponível ...