10/04/2018 às 09h47min - Atualizada em 10/04/2018 às 09h47min

Operação da PF investiga fraudes na folha de pagamento da Assembleia Legislativa

Cerca de 60 policiais devem cumprir 14 mandados; políticos estão entre os supostos envolvidos

O Fato com Gazetaweb

A Polícia Federal desencadeou desde as primeiras horas desta terça-feira (10) a operação Malacafa, que visa cumprir mandados de busca e apreensão em Maceió, e nas cidades de Batalha e Jacaré dos Homens. A ação investiga supostas fraudes na folha de pagamento da Assembleia Legislativa do Estado (ALE).

De acordo com a assessoria da PF, os alvos da operação são políticos e pessoas, supostamente envolvidas em esquema de inserção de funcionários fantasmas na folha de pagamento.

Cerca de 60 agentes federais foram designados para a ação, que é um desdobramento da Operação Sururugate, realizada em março do ano passado, que investigou 11 deputados estaduais por desvio de recursos por meio da contratação de servidores fantasmas.

Ainda não há informações sobre prisões.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »

Você é a favor da retirada da BRASKEM de Maceió?

79.4%
20.6%
Moeda Valor
Servidor Indisponível ...