02/03/2018 às 02h38min - Atualizada em 02/03/2018 às 02h38min

Governo decreta luto oficial de três dias pela morte de militares em acidente

Cabo José Luciano da Silva e soldados Júlio César Pereira da Silva e Esdras Santos da Silva morreram durante uma colisão na BR-101

O Fato com Gazetaweb
 

Polícia Militar emitem nota de pesar após morte de três militares

FOTO: REPRODUÇÃO

O governador Renan Filho (PMDB) decretou luto oficial de 3 dias pela morte dos três policiais militares da 2ª Companhia Independente, vítimas de uma colisão entre uma viatura do Pelotão de Operações Policiais Especiais (Pelopes) e um caminhão-cegonha na rodovia BR-101, próximo a cidade de Flexeiras. 

O acidente aconteceu na tarde desta quinta-feira (1º), onde o cabo José Luciano da Silva e os soldados Júlio César Pereira da Silva e Esdras Santos da Silva não resistiram aos ferimentos e faleceram no local. O decreto será publicado no Diário Oficial do Estado desta sexta-feira (02).

"Com profundo pesar e respeito às famílias do cabo José Luciano da Silva e dos soldados Júlio César Pereira da Silva e Esdras Santos da Silva, vítimas de um acidente ocorrido na tarde desta quinta-feira (01), o governador Renan Filho decretou luto oficial de três dias e cancelou a entrevista coletiva que concederia amanhã na Secretaria de Segurança Pública.", 

Além do governador, o comando-geral da Polícia Militar de Alagoas emitiu uma nota de pesar pelas mortes dos policiais.  No pronunciamento, a PM disse externar seu pesar à família e se colocar à disposição para o que se fizer necessário, disponibilizando total apoio às vítimas e seus familiares. 

"Os nomes desses valorosos guerreiros jamais serão esquecidos pelos companheiros da corporação e por todos que anseiam e trabalham pela paz e justiça em Alagoas", disse a nota. 

De acordo com a PM, os três estavam de serviço e indo realizar uma operação no momento do acidente. O cabo J. Luciano tinha 35 anos e ingressou na PM em 2006; o soldado Júlio Cesar tinha 33 e ingressou na corporação em 2010; já o soldado Esdras foi incorporado em 2013 e tinha 25 anos de idade.

Confira a nota na íntegra 

A Polícia Militar de Alagoas lamenta profundamente o falecimento do cabo José Luciano da Silva, e dos soldados Júlio César Pereira da Silva e Esdras Santos da Silva, durante um acidente envolvendo uma viatura do Pelopes da 2ª Companhia Independente, que colidiu com um caminhão-cegonha, na tarde desta quinta-feira (1º), no km 45 da BR-101, entre os municípios de Flexeiras e Joaquim Gomes.

Os três militares estavam de serviço e indo realizar uma operação no momento em que aconteceu o trágico acidente. Os policiais perderam a vida no cumprimento do dever, em defesa do povo alagoano e imolados na dura missão de combater o crime.

O cabo J. Luciano tinha 35 anos e ingressou na PM em 2006; o soldado Júlio Cesar tinha 33 e ingressou na corporação em 2010; já o soldado Esdras foi incorporado em 2013 e tinha 25 anos de idade.

A PM externa seu pesar à família e se coloca à disposição para o que se fizer necessário, disponibilizando total apoio às vítimas e seus familiares. Os nomes desses valorosos guerreiros jamais serão esquecidos pelos companheiros da corporação e por todos que anseiam e trabalham pela paz e justiça em Alagoas.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »

Você é a favor da retirada da BRASKEM de Maceió?

80.0%
20.0%
Moeda Valor
Servidor Indisponível ...