30/12/2017 às 02h06min - Atualizada em 30/12/2017 às 02h06min

Mobilização e Missa pedem Justiça para o assassinato de Nô Pedrosa e dos moradores da rua

Jornalista Raudrin de Lima
O Fato
Jornalista Raudrin de Lima

Nesta última sexta-feira dia 29 de dezembro de 2017, no Centro de Maceió,  Praça Dom Pedro II e na Catedral Metropolitana, foi dia de protesto, contra o assassinato de Nô Pedrosa e dos moradores da rua. Amigos de Nô Pedrosa, juntos com os moradores da rua, fizeram um ato de protesto com pedindo justiça.

Logo após as 19 horas, na Catedral Metropolitana de Maceió, ocorreu uma sessão ecumênica em desagravo aos assassinatos ocorridos, estiveram presentes membros da Igreja Católica e da Igreja Evangélica, onde a Pastoral dos moradores de rua e várias entidades pediram a apuração do assassinato do ativista político Nô Pedrosa e dos moradores de rua. Também participou solenidade, o Deputado Federal Paulo Fernandes (Paulão), Coordenador da Comissão de Direitos humanos da Câmara Federal.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »

Você é a favor da retirada da BRASKEM de Maceió?

79.0%
21.0%
Moeda Valor
Servidor Indisponível ...