22/11/2017 às 19h43min - Atualizada em 22/11/2017 às 19h43min

MCCE ALAGOAS E MOVIMENTO CARAS PINTADAS ENTRARAM COM REPRESENTAÇÃO NO MPE/ALAGOAS CONTRA ATO DA MESA DIRETORA DA ALE/ALAGOAS

A Redação
O Fato

O Movimento Nacional de Combate a Corrupção eleitoral em Alagoas-MCCE/ALAGOAS, e o movimento Nacional Caras Pintadas, entrarão nesta sexta-feira no ministério público de Alagoas, com representação ao Procurador Geral de Justiça em Alagoas, questionando ato de resolução da Assembleia Legislativa de Alagoas, que autoriza deputados usar verba de gabinete para pagar o aluguel, consertos, e IPVA de seus próprios carros, postos a serviço de seus respectivos gabinetes, os respectivos líderes dos movimentos sociais, Raudrin de Lima e Fernando CPI, justificaram que o ato de resolução da Assembleia Legislativa, não dar legalidade ao caso, pois não existe condão jurisprudencial sobre está questão, no nosso ordenamento jurídico vigente, e que essa resolução fere os princípios da finalidade, princípio do interesse público, princípio da impessoalidade entre outros; o núcleo da Fazenda Pública Estadual do MPE, tem que cobrar que a Assembleia firme e elabore o devido projeto de lei sobre esta questão, para que tenha força de lei e que acabe o maremoto de maracutaias, que já aconteceram no referido recinto parlamentar, além desta representação os referidos movimentos entraram com a devida ação judicial sobre este caso. E o que mais espanta, sem querer julgar ninguém, é que o deputado Rodrigo Cunha, dito Paladino da Moralidade de nossa sociedade, esteja usando também desse artifício no que consta nos documentos aqui apresentados. Não justifica que cidadãos comuns tenham que se sacrificarem para sobrevivência com um custo de vida alto, enquanto representantes do povo no parlamento da casa de Tavares Bastos gozem de tamanhas regalias; enquanto em países ricos do primeiro mundo como na Suíça Parlamentares e Ministros andam de ônibus e trem, políticos em Londres só podem usar transportes públicos, na Suécia Deputados não recebem salários e andam de ônibus. Aqui no Brasil é uma verdadeira farra com o dinheiro público, em Alagoas a lista de produtos que os parlamentares podem comprar com a verba de gabinete é um Shopping Center de multiuso, um deboche com a cara dos alagoanos. 

https://www.dm.com.br/geral/2015/07/sem-excelencias-nem-mordomias.html

https://oglobo.globo.com/rio/deputados-ministros-suicos-andam-de-onibus-ou-de-trem-8992154

http://thegreenestpost.bol.uol.com.br/politicos-de-londres-so-podem-usar-transporte-publico/

https://catracalivre.com.br/geral/cidades/indicacao/em-londres-politicos-nao-tem-direito-a-carro-oficial-apenas-vale-transporte/

 


Link
Notícias Relacionadas »

Você é a favor da retirada da BRASKEM de Maceió?

80.5%
19.5%
Moeda Valor
Servidor Indisponível ...