13/09/2017 às 09h42min - Atualizada em 13/09/2017 às 09h42min

Representação dos Caras Pintadas referente suposto fraude de 21 milhões na Prefeitura de Maceió é acatado pelo MP-AL

A Redação
O Fato com A Notícia

No Diário Oficial desta quarta-feira dia 13 de setembro de 2017, foi publicado o encaminhamento da representação do suposto fraude de 21 milhões em licitação da Prefeitura Municipal de Maceió para Coordenadoria da Fazenda Pública Municipal. “Sabemos da seriedade do MP-AL , estamos atentos, qualquer suspeita de fraude dos gestores públicos encaminharemos ao MP que vem prestando relevantes serviços ao povo de Alagoas”, frisou Raudrin de Lima, Coordenador Nacional do Movimento Caras Pintadas.

O CASO

A denúcia foi feita pelo proprietário do Jornal "A Notícia" Welligton Sena e encaminhado ao MP-AL pelo Movimento Caras Pintadas.A licitação tinha como objeto a contratação de consultoria especializada na elaboração de projetos e gerenciamento de obras e serviços de engenharia. E no projeto básico deveriam conter a estimativa de obras e serviços, planilha orçamentária de referência, e as propostas de preço e ordem de serviço.

diario-01

diario-01

Na fase da habilitação foram divul­ga­das no Diário Oficial do dia 22 de se­tem­bro do ano passado, as empresas que es­tariam aptas para a próxima etapa. To­das receberam pontuação máxima, me­nos o Consórcio Bureau– ECR e o Con­sórcio Prohill–Maceió com 97 pontos.

Vale destacar que depois dessa parte, empresas entraram com recursos administrativos e o que chamou mais a atenção foi a que envolveu a empresa vencedora.

Interposto pelo consórcio Er­ger/UFC, acusava a ATP/Concremat de não apresentar a quantidade de folhas in­for­mações necessárias no relatório técnico. Ten­do um julgamento rápido, a comissão or­ganizadora informou que a vencedora “apre­sentou um total de 197 páginas de in­formações técnicas, restando as informa­ções dividas em secretarias, com comentá­rios, registros fotográficos e demais elementos necessários”.

diario-02

diario-02

No dia 15 de março deste ano foi di­vul­gado também no Diário Oficial o resultado da revisão das notas técnicas após os re­cursos, e começam as diferenças de nota. A ATP/Concremat foi a única que con­tinuou com a pontuação máxima de 100. Já a segunda colocada a PROJETEC- TRCE caiu para 92,22.

No dia 9 de junho, um mês após re­gis­trarmos a denúncia no cartório, saiu o re­sultado que teve a ATP/Concremat co­mo vencedora com a divulgação de sua pon­tuação, seguida das perdedoras: ENGER-UFC, DYNATEST- EN­GE­CORPS, PROJETEC- TRCE, DUCTOR- GEOSISTEMA , JBR- PLA­NA­VE, ECR-BUREAU, QUANTA- JDS, EN­GEVIX, F. BAUER- EGIS, PRI HA­GAPLAN


Link
Notícias Relacionadas »

Você é a favor da retirada da BRASKEM de Maceió?

80.0%
20.0%
Moeda Valor
Servidor Indisponível ...