08/09/2017 às 21h35min - Atualizada em 08/09/2017 às 21h35min

Caras Pintadas entra com uma representação no MP-AL referente suposto esquema de corrupção em licitação de 21 milhões na Prefeitura de Maceió

O Fato com a Notícia

Na manhã desta sexta-feira dia 08 de setembro de 2017, o Movimento Caras Pintadas através de seu Coordenador Nacional Raudrin de Lima, entrou com uma representação no Ministério Público do Estado de Alagoas solicitando providências urgentes em relação a denuncia do proprietário do “Jornal A Notícia” Wellington Sena, referente suposto fraude de licitação de 21 milhões da Prefeitura de Maceió esquema de corrupção na licitação na Prefeitura de Maceió.

A licitação tinha como objeto a contratação de consultoria especializada na elaboração de projetos e gerenciamento de obras e serviços de engenharia. E no projeto básico deveriam conter a estimativa de obras e serviços, planilha orçamentária de referência, e as propostas de preço e ordem de serviço.

diario-01

diario-01

Na fase da habilitação foram divul­ga­das no Diário Oficial do dia 22 de se­tem­bro do ano passado, as empresas que es­tariam aptas para a próxima etapa. To­das receberam pontuação máxima, me­nos o Consórcio Bureau– ECR e o Con­sórcio Prohill–Maceió com 97 pontos.

Vale destacar que depois dessa parte, empresas entraram com recursos administrativos e o que chamou mais a atenção foi a que envolveu a empresa vencedora.

Interposto pelo consórcio Er­ger/UFC, acusava a ATP/Concremat de não apresentar a quantidade de folhas in­for­mações necessárias no relatório técnico. Ten­do um julgamento rápido, a comissão or­ganizadora informou que a vencedora “apre­sentou um total de 197 páginas de in­formações técnicas, restando as informa­ções dividas em secretarias, com comentá­rios, registros fotográficos e demais elementos necessários”.

diario-02

diario-02

No dia 15 de março deste ano foi di­vul­gado também no Diário Oficial o resultado da revisão das notas técnicas após os re­cursos, e começam as diferenças de nota. A ATP/Concremat foi a única que con­tinuou com a pontuação máxima de 100. Já a segunda colocada a PROJETEC- TRCE caiu para 92,22.

No dia 9 de junho, um mês após re­gis­trarmos a denúncia no cartório, saiu o re­sultado que teve a ATP/Concremat co­mo vencedora com a divulgação de sua pon­tuação, seguida das perdedoras: ENGER-UFC, DYNATEST- EN­GE­CORPS, PROJETEC- TRCE, DUCTOR- GEOSISTEMA , JBR- PLA­NA­VE, ECR-BUREAU, QUANTA- JDS, EN­GEVIX, F. BAUER- EGIS, PRI HA­GAPLAN


Link
Notícias Relacionadas »

Você é a favor da retirada da BRASKEM de Maceió?

80.2%
19.8%
Moeda Valor
Servidor Indisponível ...