25/08/2017 às 01h18min - Atualizada em 25/08/2017 às 01h18min

Salvador: naufrágio de embarcação com 130 pessoas deixa mortos

O Fato com JB

Equipes de resgate fazem buscas de vítimas do acidente marítimo que aconteceu nesta quinta-feira (24), na Baía de Todos os Santos, em Salvador. Uma embarcação que transportava cerca de 130 passageiros virou durante a travessia entre Mar Grande, na Ilha de Itaparica, e Salvador. Segundo a Central de Telecomunicações das Polícias Civil e Militar (Centel), o acidente ocorreu por volta de 8h. 

Subiu para 23 o número de mortos, informou a Secretaria de Saúde da Bahia (Sesab), que repassou o número da Capitania dos Portos. O Governo do Estado da Bahia decretou luto oficial de três dias.

Teriam sido resgatadas, até o momento, 21 pessoas com vida. A coordenação do Samu informou que os resgatados com vida não serão mais levados para Salvador, serão encaminhados para cidades próximas. Somente casos graves devem ser atendidos na capital.

De acordo com o órgão, equipes da Polícia Militar, do Grupamento Marítimo do Corpo de Bombeiros, da Capitania dos Portos e do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foram encaminhadas até o local para dar suporte na busca pelas vítimas. A Centel informou ainda que embarcações particulares auxiliaram nos primeiros resgates. Agentes dos órgãos de Defesa e Resgate enfrentam dificuldades devido aos fortes ventos. 

Equipes fazem resgate das vítimas do naufrágio em Salvador

Equipes fazem resgate das vítimas do naufrágio em Salvador

Equipes fazem resgate das vítimas do naufrágio em Salvador

A Secretaria de Segurança Pública da Bahia informou que a embarcação já foi resgatada e os órgãos continuam auxiliando no resgate de vítimas. A avaliação da lancha será feita pela Marinha. Ela analisará a regularização da embarcação e se operava com número de passageiros acima do permitido. A Secretaria de Segurança Pública informou que um inquérito será aberto para que as causas do acidente sejam apuradas.

Em nota, o prefeito de Salvador, ACM Neto, lamentou o ocorrido. "Neste momento de profunda dor, presto minha solidariedade às vítimas e seus familiares e, ao mesmo tempo, informo que todos os órgãos da Prefeitura estão envolvidos para ajudar no atendimento social, psicológico e nos primeiros socorros às pessoas", disse ACM Neto.

O governador da Bahia Rui Costa também manifestou solidariedade às vítimas e suas famílias. “Estou acompanhando pessoalmente esta difícil operação desde cedo e todas as providências foram tomadas imediatamente, com o reforço dos nossos efetivos nas áreas da segurança e da saúde pública. Deus está conosco neste momento difícil e confiamos no empenho das equipes de resgate", declarou.

Busca por informações

No Terminal Marítimo de Salvador, parentes das vítimas se aglomeram em busca de informações. Alguns reclamam que ainda têm dificuldades em confirmar se parentes estavam na embarcação que naufragou.

A costureira Rosa Maria conta que demorou para conseguir a confirmação da morte da sobrinha, Alessandra Santos. "Ela tem uns 40 anos e não resistiu, foi achada morta na praia, mas o marido dela foi encontrado com vida e socorrido. Eles nos recebem aqui e nos levam para o fundo do terminal para que a imprensa não veja a falta de informação", diz.

Situação da lancha

Um dos membros da Associação em Defesa dos Passageiros, José Batista Lima, disse que moradores da Ilha de Itaparica já haviam relatado as péssimas condições das lanchas e a falta de fiscalização. 

"Os moradores da ilha pediram nosso apoio e eu iria para lá no sábado, para averiguar a situação das lanchas e fazer um ofício às autoridades competentes. Os moradores me diziam que se houvesse fiscalização isso não aconteceria, porque a lancha estava em estado muito ruim", disse

Da Agência Brasil


Link
Notícias Relacionadas »

Você é a favor da retirada da BRASKEM de Maceió?

80.5%
19.5%
Moeda Valor
Servidor Indisponível ...