07/08/2017 às 21h36min - Atualizada em 07/08/2017 às 21h36min

Caras Pintadas vai representar a Prefeitura de Maceió no MP sobre a Lei de acesso a informação

A Redação
O Fato

A Coordenação Nacional do Movimento Caras Pintadas com sede em Maceió, no dia 05 de junho de 2017 , entrou com o pedido de acesso a informação na Superintendência de Limpeza Urbana de Maceió (SLUM) da Prefeitura Municipal de Maceió, fundamentado com a Lei de Acesso a Informação no Serviço Público Lei 12.527/2011. De acordo com a Lei o órgão público tem até 20 dias para prestar as informações solicitadas; ”Já se passaram 60 dias e nenhuma informação foi prestada, isso demonstra que o Prefeito Rui Palmeira e seus subordinados não tem compromisso com a transparência no serviço público;  principalmente em um órgão que foi alvo no governo passado de várias denuncias, entre elas a famosa “Máfia de Lixo”, relembra Raudrin de Lima, Coordenador Nacional do Movimento Caras Pintadas. Entre os pedidos  solicitado: cópias da documentação referente a receita e despesas da SLUM de junho de 2016 até a presente data, cópias da documentação de todas licitações ,cópias da licitação do lixão de Maceió e lista dos cargos comissionado. ”Temos certeza que o Ministério Público do Estado de Alagoas, na pessoa do Dr. Alfredo Gaspar de Mendonça, vai abrir a caixa preta do lixo de Maceió, e fazer cumprir a Lei de Acesso a Informação”, concluiu Raudrin de Lima.


Link
Notícias Relacionadas »

Você é a favor da retirada da BRASKEM de Maceió?

80.5%
19.5%
Moeda Valor
Servidor Indisponível ...