27/04/2017 às 19h24min - Atualizada em 27/04/2017 às 19h24min

MST promete diversos bloqueios em rodovias federais e estaduais nesta sexta

Fechamento das vias deve acontecer nas primeiras horas da manhã; confira as cidades onde os bloqueios devem acontecer

O Fato com Gazetaweb

Os motoristas que pretendem trafegar pelas rodovias federais e estaduais em Alagoas nesta sexta-feira (28) terão que buscar alternativas ou ter bastante paciência, pois, de acordo com José Roberto, coordenador Nacional do Movimento Sem Terra (MST) em Alagoas, haverá bloqueio nas estradas como parte da "Greve Geral" convocada em todo o país para protestar contra as reformas Trabalhistas e Previdenciária propostas pelo Governo Federal.

Segundo o coordenador do MST, as interdições devem começar nas primeiras horas da manhã e seguem até as 13h, onde em seguida os integrantes seguirão em marcha até Maceió, onde acontece um ato.

"Conforme a nossa deliberação junto aos líderes do movimento, decidimos por realizar esses bloqueios e em seguidas todos seguirão para a capital para se unirem ao grande movimento, onde haverá uma caminhada até o centro da cidade", explicou Zé Roberto.

De acordo com o MST, os bloqueios acontecerão nas seguintes localidades: 

 

BR-101

  • Ponte sobre a divisa entre Alagoas e Sergipe (Porto Real do Colégio e Propriá)
  • Teotônio Vilela
  • Flexeiras
  • Novo Lino

 

BR-104

 

  • União dos Palmares

 

 

BR-423

 

 

  • Ponte sobre a divisa entre Alagoas e Bahia (Delmiro Gouveia e Paulo Afonso)

 

BR-316

 

  • Satuba

 

AL-220

 

  • Jaramataia

 

AL-101

 

  • São Luís do Quitunde

 

Além desses pontos, há outras localidades que não foram divulgadas. Nesta sexta-feira, o MST deve realizar também ações nas cidades onde ocorrerão os atos, como panfletagens e debates com a sociedade civil.

A assessoria de comunicação da Polícia Rodoviária Federal (PRF) informou que o policiamento nas BRs de Alagoas estará reforçado não só pela previsão de protestos e bloqueios, mas também por causa do feriadão da segunda-feira (1º). Portanto, o reforço vai acontecer durante todo o fim de semana.


Link
Notícias Relacionadas »

Você é a favor da retirada da BRASKEM de Maceió?

79.0%
21.0%
Moeda Valor
Servidor Indisponível ...