13/10/2016 às 16h45min - Atualizada em 13/10/2016 às 16h45min

Ossadas do século XVII são encontradas em praça de Marechal Deodoro

O Fato com Gazetaweb

Durante a reforma da praça no bairro de Taperaguá, em Marechal Deodoro, município da região metropolitana de Maceió, operários encontraram ossadas de quatro indivíduos ali sepultados ainda no século XVII. Segundo informou o Instituto do Patrimônio Histórico Nacional (Iphan) na tarde desta quinta-feira (13), a prática era comum na época do Brasil Colônia, de modo que pode haver mais ossadas na localidade. O órgão acompanha as escavações, iniciadas há três meses e sem previsão de término.

De acordo com a arqueóloga Ruth Barbosa, a praça na qual as ossadas foram descobertas fica em frente à Igreja do Senhor do Bonfim, construída no início do século 16. Segundo a especialista, à época, era comum a prática de se enterrar pessoas dentro das igrejas, além de no entorno das mesmas.

"Na época do Brasil Colônia, as pessoas serem sepultadas dentro das igrejas e no seu entorno. Identificamos quatro indivíduos na Praça do Taperaguá, sendo que os ossos de três deles já foram retirados. O material, inclusive, já está em laboratório", explicou.

 

Ossada foi encontrada durante reforma da Praça em Marechal

FOTO: REPRODUÇÃO FACEBOOK

 

 

Ainda de acordo com Ruth, os trabalhos continuarão mesmo após a retirada da quarta ossada, pois, há a possibilidade de novas descobertas pelas equipes que se mobilizam em torno da atividade - que segue a chamar a atenção de moradores, com várias fotos já ganhando as redes sociais.

A Igreja do Senhor do Bonfim foi a primeira construída no município de Marechal Deodoro, mas não se sabe ao certo a data da sua construção, registrada por Diogo Soares da Cunha no ano de 1611. Sua fachada sofreu influência da arquitetura reproduzida nas igrejas franciscanas de outras cidades da região Nordeste.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »

Você é a favor da retirada da BRASKEM de Maceió?

79.8%
20.2%
Moeda Valor
Servidor Indisponível ...