09/09/2016 às 22h13min - Atualizada em 09/09/2016 às 22h13min

Líder comunitário denuncia filho de vereadora Fátima Santiago por suposta agressão

O Fato com Gazetaweb

O presidente da Associação de Moradores do bairro Santos Dumont, Edvan Minervino dos Santos, registrou, na tarde desta sexta-feira (9), na Central de Flagrantes, no bairro do Farol, um boletim de ocorrência contra Henrique Santiago, filho da vereadora Fátima Santigo, por suposta ameaça de morte e agressão. 

Segundo o depoimento da suposta vítima à Polícia Civil, Henrique Santiago o acusou de ter afirmado que a vereadora teria "roubado" um posto de saúde do Santos Dumont. Na Câmara de Maceió, é considerado normal o ''rateio político" das administrações dos postos entre os integrantes da base aliada da prefeitura.

A vítima relatou ainda que, há alguns dias, Henrique já o havia ameaçado com uma arma e hoje ele teria ido até a casa do vereador Galba Novaes (PMDB) e, após uma discussão, o agrediu fisicamente com um empurrão. 

"Henrique simulava o tempo todo que estava armado. À oportunidade, ele estava acompanhado de mais dois seguranças. Ele disse claramente que não era pessoa de mandar recado e que, por isso, fazia com as próprias mãos. Ele mesmo confirmou que estava me ameaçando", narrou Edvan Minervino.

Por sua vez, Henrique Santiago classificou como "politicagem" as denúncias apresentadas. Segundo Santiago, Edvan Minervino o chamou para conversar e, ao final do diálogo, ele teria inventado essa suposta agressão. Ele relatou ainda que as câmeras da casa comprovaram que não houve agressão.

"Ao que parece, armaram uma cilada e eu caí. Não houve nenhum tido de agressão. As pessoas e as filmagens mostram isso. Agora, infelizmente, querem usar um fato que não existiu com uma questão eleitoral. Agora, também vou à Justiça contra Edvan por ele ter apresentado falsa denúncia às autoridades", explicou Santiago.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »

Você é a favor da retirada da BRASKEM de Maceió?

79.2%
20.8%
Moeda Valor
Servidor Indisponível ...